Fun­do pú­bli­co de cam­pa­nha de R$ 1,7 bi­lhão: apro­va­do.

Jornaldodia - - POLÍTICA -

Foi uma vo­ta­ção sim­bó­li­ca — e a Câ­ma­ra apro­vou, on­tem, pro­je­to de lei do Se­na­do que cria um fun­do pa­ra cam­pa­nhas elei­to­rais com di­nhei­ro pú­bli­co. Se­rão, ao me­nos, R$ 1,7 bi­lhão. O fun­do se­rá com­pos­to por 30% das emen­das im­po­si­ti­vas de ban­ca­da. PT e PMDB se uni­ram a fa­vor da pro­pos­ta, apoi­a­da tam­bém por PP, DEM, PSD, PDT, SD, Po­de­mos, PSC e PEN. Vo­ta­ram con­tra PR, PRB, PSB, Re­de, Psol, PPS e PV. Di­vi­di­do, o PSDB li­be­rou sua ban­ca­da – a mai­o­ria foi con­trá­ria ao fun­do. Com a vo­ta­ção, on­tem, o fun­do se­gue ago­ra pa­ra san­ção do pre­si­den­te Mi­chel Te­mer.

De­fe­sa de Te­mer acu­sa Ja­not de ‘gol­pe’

Pro­to­co­la­do pe­lo ad­vo­ga­do Edu­ar­do Car­ne­lós, a de­fe­sa do pre­si­den­te Mi­chel Te­mer foi en­tre­gue on­tem à Co­mis­são de Cons­ti­tui­ção e Jus­ti­ça (CCJ) da Câ­ma­ra. Te­mer é acu­sa­do pe­los cri­mes de obs­tru­ção de Jus­ti­ça e or­ga­ni­za­ção cri­mi­no­sa jun­to com os mi­nis­tros Mo­rei­ra Fran­co e Eli­seu Pa­di­lha. Ao fa­zer a en­tre­ga da de­fe­sa, Car­ne­lós dis­se que es­ta no­va de­nún­cia cons­ti­tui uma “ten­ta­ti­va de gol­pe” por par­te do ex-pro­cu­ra­dor­ge­ral Ro­dri­go Ja­not (não ci­ta­do no­mi­nal­men­te). Pa­ra o de­fen­sor, a pe­ça é “ar­ma­da”, ba­se­a­da em pro­vas “for­ja­das” e com o ob­je­ti­vo “cla­ro e in­dis­far­çá­vel” de de­por Te­mer.

Fi­cha Lim­pa mes­mo pa­ra con­de­na­dos an­tes de 2010

Por 6 vo­tos a 5, o Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral (STF) de­ci­diu on­tem que o pra­zo de oi­to anos de ine­le­gi­bi­li­da­de da Lei da Fi­cha Lim­pa po­de re­tro­a­gir pa­ra an­tes de a lei ter si­do cri­a­da. An­tes da lei, de 2010, o pra­zo era de três anos. Es­pe­ci­fi­ca­men­te, o re­cur­so em aná­li­se foi apre­sen­ta­do por um ve­re­a­dor de No­va Sou­re BA, que ques­ti­o­nou de­ci­são do Tri­bu­nal Su­pe­ri­or Elei­to­ral (TSE) que man­te­ve in­de­fe­ri­men­to de seu re­gis­tro em 2012.

OAB in­ti­ma Dir­ceu a de­vol­ver car­tei­ra

Con­de­na­do na La­va-Ja­to e no Men­sa­lão, o ex-mi­nis­tro Jo­sé Dir­ceu (PT) te­rá de de­vol­ver sua car­tei­ra de ad­vo­ga­do em 24 ho­ras. O re­gis­tro foi cas­sa­do em 2015. Ele re­cor­rer, mas de­ci­são foi con­fir­ma­da. Em me­nos de dois anos, Mo­ro apli­cou ao ex-mi­nis­tro du­as pe­sa­das con­de­na­ções que so­mam 42 anos e um mês de pri­são por cor­rup­ção, la­va­gem de di­nhei­ro e as­so­ci­a­ção cri­mi­no­sa. O Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral re­vo­gou no dia 02mai17 o de­cre­to de pri­são pre­ven­ti­va que pe­sa­va con­tra o pe­tis­ta.

Nú­me­ros da La­va-Ja­to

Es­ta­tís­ti­ca com­pi­la­da pe­lo ga­bi­ne­te do mi­nis­tro Ed­son Fa­chin, do Su­pre­mo, mos­tra que a Ope­ra­ção La­va-Ja­to já con­ta­bi­li­za seis ações pe­nais, 80 inqué­ri­tos e 113 de­la­ções. Nos au­tos dos inqué­ri­tos fo­ram emi­ti­das 149 de­ci­sões mo­no­crá­ti­cas, 626 des­pa­chos e 1.415 pe­ti­ções, pro­to­co­la­das tan­to pe­lo MPF quan­to pe­los in­ves­ti­ga­dos. O ba­lan­ço tam­bém apon­ta 93 ações cau­te­la­res em tra­mi­ta­ção, nas qu­ais fo­ram pro­fe­ri­dos 493 des­pa­chos e 226 de­ci­sões.

Pra­zo da fFi­cha Lim­pa era de três anos. Ago­ra é de oi­to.

Câ­ma­ra: fun­do de cam­pa­nha elei­to­ral com di­nhei­ro pú­bli­co apro­va­do por vo­ta­ção sim­bó­li­ca.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.