Mer­ca­do de olho na Pre­vi­dên­cia e nos EUA

Jornaldodia - - NEGÓCIOS -

Nes­ta se­ma­na, os in­ves­ti­do­res es­ta­rão de olho na re­for­ma da Pre­vi­dên­cia, no Bra­sil, e no cor­te de impostos de Do­nald Trump, nos EUA. O go­ver­no cor­re pa­ra ob­ter vo­tos ne­ces­sá­ri­os pa­ra apro­var a no­va Pre­vi­dên­cia [ver ECO­NO­MIA]. As pre­o­cu­pa­ções com dé­fi­cit com­pli­cam os cor­tes de Trump [ver ECO­NO­MIA]. A Bol­sa de S Pau­lo fe­cha na 4afei­ra, da­do o fe­ri­a­do da Pro­cla­ma­ção da Re­pú­bli­ca. A agen­da do­més­ti­ca tem co­mo des­ta­que as ven­das no va­re­jo de se­tem­bro. A es­ti­ma­ti­va de ana­lis­tas é de al­ta de 0,2% na com­pa­ra­ção men­sal e de 4,5% na anu­al. O go­ver­no ame­ri­ca­no di­vul­ga dados de in­fla­ção do CPI e PPI, ama­nhã.

Ma­ga­zi­ne Lui­za bem ava­li­a­da pe­lo JP Mor­gan

Equi­pe do JP Mor­gan ini­ci­ou a aná­li­se das ações do Ma­ga­zi­ne Lui­za, com re­co­men­da­ção overweight (aci­ma da mé­dia) e pre­ço-al­vo de R$ 72 — po­ten­ci­al de va­lo­ri­za­ção de 46% so­bre o pre­ço de fe­cha­men­to de 6afei­ra, de R$ 49,06. O JP Mor­gan ava­lia que a em­pre­sa ofe­re­ce boa com­bi­na­ção de exe­cu­ção e cul­tu­ra cor­po­ra­ti­va pa­ra rein­ven­tar o ne­gó­cio e pas­sar de ope­ra­ção de lo­jas fí­si­cas pa­ra pla­ta­for­ma mul­ti­ca­nal e di­gi­tal.

Fo­od trucks re­flu­em

A on­da que en­cheu as ru­as das gran­des ci­da­des de fo­od trucks re­fluiu em me­nos de cin­co anos. O mer­ca­do es­tá sa­tu­ra­do. Es­sa que­da de con­su­mo foi ge­ral e acon­te­ceu por três ra­zões: co­mer fo­ra fi­cou mais ca­ro; a le­gis­la­ção não per­mi­te que o fo­od truck cir­cu­le; e mui­ta gen­te en­trou no ne­gó­cio sem pre­pa­ro. O re­sul­ta­do foi que a ci­da­de de São Pau­lo, por exem­plo, ti­nha 400 fo­od trucks dois anos atrás. Em 2017, o nú­me­ro já ti­nha caí­do pe­la me­ta­de.

Emi­ra­tes anun­cia suí­tes ultraluxo

Na aber­tu­ra do Du­bai Air Show, on­tem, a Emi­ra­tes — com­pa­nhia aé­rea dos Emi­ra­dos Ára­bes Uni­dos — anun­ci­ou no­vo de­se­nho da 1ª clas­se, com re­quin­tes qua­li­fi­ca­dos co­mo de “ultraluxo”: pi­so em ma­dei­ra, op­ções de ilu­mi­na­ção e vis­ta pa­ra o ex­te­ri­or mes­mo nas ca­bi­nes cen­trais (por meio de ja­ne­las fal­sas ele­trô­ni­cas). As suí­tes fo­ram de­sen­vol­vi­das em par­ce- ria com a Mer­ce­des-Benz e cons­truí­das pe­la Rockwell Col­lins. Nes­te do­min­go, a com­pa­nhia anun­ci­ou tam­bém que vai ad­qui­rir 40 aviões Dre­am­li­ners 787-10 da Bo­eing, em tran­sa­ção de US$ 15,1 bi­lhões. O no­vo avião en­tra­rá em ope­ra­ção ini­ci­al­men­te pe­las ro­tas de Bru­xe­las, Bél­gi­ca, e Ge­ne­bra, Suí­ça.

Ali­ba­ba: US$ 25B em 24 ho­ras.

Líder chi­nês do e-com­mer­ce, o si­te Ali­ba­ba ba­teu es­te ano seu re­cor­de de ven­das no Dia dos Sol­tei­ros: em 24 ho­ras, ven­deu na­da me­nos do que US$ 25 bi­lhões — o equi­va­len­te ao PIB do Afe­ga­nis­tão ou de Hon­du­ras. O Dia dos Sol­tei­ros foi cri­a­do em 2009 pe­lo Ali­ba­ba, da­ta em que re­gis­tra um bo­om de ven­das com promoções agres­si­vas. No to­tal, o vo­lu­me de ven­das te­ve au­men­to de 39% em re­la­ção a 2016, quan­do re­gis­trou 120,7 bi­lhões de yu­ans (US$ 17,8B).

Emi­ra­tes: suí­tes de­sen­vol­vi­das pe­la Mer­ce­des-Benz.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.