ÍCA­RO E MA­NU SALVAM A VI­DA DE VA­LEN­TIM!

Após des­co­bri­rem que são ir­mãos, eles im­pe­dem Lau­re­ta de aca­bar com a vi­da do me­ni­no!

Mais Mais TV - - Novelas -

Íca­ro (Chay Su­e­de) nun­ca sim­pa­ti­zou com Va­len­tim ( Da­ni­lo Mes­qui­ta), já que o ra­paz era seu con­cor­ren­te pe­lo co­ra­ção de Ro­sa (Le­ti­cia Co­lin). Po­rém, nos pró­xi­mos ca­pí­tu­los, tu­do irá mu­dar e o me­ni­no fi­nal­men­te des­co­bri­rá que eles têm la­ços de san­gue. Di­an­te dis­so, não dei­xa­rá Lau­re­ta (Adri­a­na Es­te­ves) cum­prir o que de­se­ja: aca­bar com a vi­da do fi­lho de Be­to (Emi­lio Dan­tas) e, as­sim, re­sol­ver es­se pro­ble­ma de uma vez por to­das. Acom­pa­nhe es­sa his­tó­ria emo­ci­o­nan­te!

O CER­CO APERTOU!

Após to­dos des­co­bri­rem que a apa­ri­ção de Emily (Lu­cé­lia Pon­tes) não pas­sa­va de um gol­pe pa­ra con­fun­dir ain­da mais a ca­be­ça de Lu­zia (Gi­o­van­na An­to­nel­li), o cer­co vai se fe­char ain­da mais pa­ra Ka­ro­la (De­bo­rah Sec­co) e Lau­re­ta. As du­as fi­ca­rão pre­o­cu­pa­das em des­co­bri­rem o cri­me do pas­sa­do, que en­vol­veu o rou­bo de Va­len­tim, há 18 anos, em Boi­po­rã. É nes­se mo­men­to que a ca­fe­ti­na per­ce­be­rá que há so­men­te uma so­lu­ção: aca­bar com a vi­da do me­ni­no e en­cer­rar es­sa his­tó­ria de uma vez por to­das.

A EMO­ÇÃO DE ÍCA­RO E MA­NU

Nes­se mes­mo mo­men­to, Íca­ro e Ma­nu (Lui­sa Ar­ra­es) es­ta­rão vi­ven­do uma gran­de emo­ção. Ro­sa con­ta­rá tu­do o que sa­be a eles, re­ve­lan­do as mal­da­des de Lau­re­ta con­tra sua mãe. Emo­ci­o­na­dos, eles pla­ne­ja­rão uma reu­nião com Va­len­tim pa­ra con­tar que são ir­mãos e, as­sim, se­lar a paz e a ami­za­de en­tre eles.

ÍCA­RO OU­VE TU­DO

Dis­pos­to a fi­car bem lon­ge de Lau­re­ta, Íca­ro irá até a ca­sa da ca­fe­ti­na bus­car o res­tan­te de su­as rou­pas que ha­via fi­ca­do por lá. Se­rá nes­se mo­men­to que ele ou­vi­rá o pla­no da vi­lã de ma­tar Va­len­tim e, en­fim, aca­bar com a pro­cu­ra de Lu­zia pe­lo fi­lho per­di­do. De­ses­pe­ra­do, ele irá atrás da ir­mã pe­din­do so­cor­ro pa­ra que eles im­pe­çam es­se cri­me cru­el.

AMOR DE IR­MÃO

Ma­nu e Íca­ro de­ci­di­rão fi­car de vi­gia de Va­len­tim, sem­pre se­guin­do os pas­sos do me­ni­no e pro­te­gen­do-o de Lau­re­ta. Des­sa for­ma, quan­do vi­rem que um car­ro es­tá pres­tes a atro­pe­lar o ra­paz, eles en­tra­rão na fren­te, fa­zen­do o veí­cu­lo fre­ar. O pi­or se­rá evi­ta­do e os três ir­mãos so­fre­rão fe­ri­men­tos le­ves, mas não cor­re­rão ris­co de mor­te no hos­pi­tal. Mais tar­de, com a che­ga­da de Lu­zia pa­ra vi­si­tá-los, Íca­ro e Ma­nu de­ci­di­rão abrir o jo­go com to­da a fa­mí­lia e con­tar que Va­len­tim é o fi­lho per­di­do que a mãe tan­to pro­cu­ra. Que emo­ção!

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.