A ele­gân­cia de Sil­va­na, por Li­lia Ca­bral

Malu - - Nossa capa -

Mu­lher chi­que

“Meu pri­mei­ro pa­pel ele­gan­te foi em Vi­ver a Vi­da, em que a per­so­na­gem era uma ex-mo­de­lo. Eles me co­lo­ca­ram aque­le fi­gu­ri­no e, par­tir daí, to­do mun­do me vê co­mo ele­gan­te. Apro­vei­to a si­tu­a­ção, cla­ro!”

Vi­su­al da Sil­va­na

“Eu gos­tei mui­to do ca­be­lo cur­to. Ela é uma ar­qui­te­ta, sai de ma­nhã pa­ra tra­ba­lhar e só vol­ta à noi­te. A pri­mei­ra coi­sa que pen­sei foi: ‘Se eu ti­ver um ca­be­lo mai­or sem­pre que eu for fa­zer ce­na ex­ter­na ele vai fi­car ar­ma­do’. Eu não con­si­go vi­su­a­li­zá-la de ou­tra for­ma se­não com es­te ca­be­lo. Eu gos­to de ves­tir o per­so­na­gem, e não so­men­te o fi­gu­ri­no de­le.”

Fa­lan­do em fi­gu­ri­no...

“Eu ado­ro es­se ba­te-bo­la! É im­por­tan­te ou­vir a pes­soa que es­tá te ves­tin­do e ela te ou­vir tam­bém. A fi­gu­ri­nis­ta apre­sen­ta al­go e o ator es­tá com al­go na ca­be­ça tam­bém, e aí se che­ga a um acor­do. A rou­pa me faz en­trar em ce­na com mais con­fi­an­ça.”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.