Raio-x da cas­tra­ção

Malu - - Meu pet, minha vida - TEX­TO Gi­o­va­na San­ches Mais in­for­ma­ções: www.msd-sau­de-ani­mal.com.br

Se­gun­do le­van­ta­men­to do Ins­ti­tu­to Bra­si­lei­ro de Ge­o­gra­fia e Es­ta­tís­ti­ca (IBGE), o Bra­sil tem a se­gun­da mai­or po­pu­la­ção de ani­mais do­més­ti­cos do mun­do, com 22,1 mi­lhões de ga­tos e 52,2 mi­lhões de ca­chor­ros. Nes­se ce­ná­rio, a cas­tra­ção é es­sen­ci­al no con­tro­le do cres­ci­men­to po­pu­la­ci­o­nal dos pets. O pro­ce­di­men­to evi­ta cri­as in­de­se­ja­das, que con­tri­bu­em pa­ra o au­men­to do nú­me­ro de cães e ga­tos aban­do­na­dos.

Be­ne­fí­ci­os

Pa­ra Marcio Bar­bo­za, ge­ren­te téc­ni­co Pet MSD Saú­de Ani­mal, a cas­tra­ção traz mui­tos be­ne­fí­ci­os à saú­de do pet, já que me­lho­ra sua qua­li­da­de de vi­da e, con­se­quen­te­men­te, po­de au­men­tar sua lon­ge­vi­da­de. “O pro­ce­di­men­to da cas­tra­ção é mui­to sim­ples e ga­ran­te qua­se ne­nhum ris­co aos ani­mais sau­dá­veis. O in­di­ca­do é que se­ja re­a­li­za­do ain­da no pri­mei­ro ano de vi­da do pet, an­tes da sua ma­tu­ri­da­de se­xu­al”, afir­ma o es­pe­ci­a­lis­ta, que fa­la o que é mi­to e o que é ver­da­de so­bre o te­ma. Ani­mais cas­tra­dos têm me­nos ris­cos de de­sen­vol­ver do­en­ças co­mo o cân­cer. Ver­da­de. A cas­tra­ção re­duz a va­ri­a­ção hor­mo­nal so­fri­da pe­los pets ao lon­go de su­as vi­das. Sen­do as­sim, re­duz as chan­ces do apa­re­ci­men­to de tu­mo­res de tes­tí­cu­lo, ová­rio, ma­ma e úte­ro. Fê­me­as cas­tra­das po­dem de­sen­vol­ver in­con­ti­nên­cia uri­ná­ria. Ver­da­de. O pro­ble­ma acon­te­ce em uma pe­que­na par­ce­la dos ani­mais cas­tra­dos de­vi­do à au­sên­cia do hormô­nio es­tro­gê­nio. “Ho­je o mer­ca­do já disponibiliza me­di­ca­men­tos se­gu­ros e avan­ça­dos que re­du­zem os sin­to­mas da in­con­ti­nên­cia e evi­tam o des­con­for­to no ani­mal, sem ge­rar acú­mu­lo no or­ga­nis­mo em lon­go pra­zo”, des­ta­ca Marcio.

Pets cas­tra­dos ten­dem a ga­nhar pe­so.

Mi­to. A obe­si­da­de nos pets é re­fle­xo de uma ali­men­ta­ção ri­ca em ca­lo­ri­as ali­a­da ao se­den­ta­ris­mo.

A cas­tra­ção di­mi­nui as chan­ces de fu­ga dos pets.

Ver­da­de. A cas­tra­ção di­mi­nui as res­pos­tas a es­tí­mu­los re­pro­du­ti­vos, que in­clu­em fu­gas, agres­si­vi­da­de com ou­tros ani­mais e até la­ti­dos ex­ces­si­vos. Fê­me­as de­vem ter ao me­nos uma cria an­tes de cas­trar. Mi­to. Os be­ne­fí­ci­os da cas­tra­ção pre­co­ce – àque­las fei­tas an­tes do pri­mei­ro cio – são inú­me­ros à saú­de da fê­mea. O prin­ci­pal den­tre eles é a di­mi­nui­ção da in­ci­dên­cia do cân­cer de ma­ma ao lon­go da vi­da do ani­mal.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.