Cra­que re­nas­ce no Fla

He­rói con­tra o Eme­lec supera a má fa­se e cur­te a che­ga­da de seu pri­mei­ro fi­lho

Meiahora - RJ - - VOZ DO POVO -

Anoi­te es­pe­ci­al com os dois gols­da­vi­tó­ri­a­so­bre­oE­me­lec, quar­ta-fei­ra, no Ma­ra­ca­nã, ser­viu pa­ra Ever­ton Ri­bei­ro ho­me­na­ge­ar o seu pri­mei­ro fi­lho, Au­gus­to, que nas­ceu pre­ma­tu­ro na sexta pas­sa­da, e tam­bém ce­le­brar o seu re­nas­ci­men­to no Fla­men­go. Per­to de com­ple­tar um ano no clu­be, o ca­mi­sa 7, en­fim, tem­con­se­gui­dou­ma­bo­a­sequên­ci­a­e­pas­sou­a­se­ru­ma­das­re­fe­rên­ci­as do ti­me que avan­çou pe­la pri­mei­ra vez às oi­ta­vas de fi­nal da Li­ber­ta­do­res após oi­to anos.

Elei­to cra­que do Bra­si­lei­rão du­as ve­zes pe­lo Cru­zei­ro (2013 e 2014), Ever­ton Ri­bei­ro so­freu pa­ra se re­a­dap­tar ao Bra­sil após pas­sa­gem pe­lo Al Ah­li, dos Emi­ra­dos Ára­bes. Em 2016, fo­ram 40 jo­gos, se­te gols e mui­ta ir­re­gu­la­ri­da­de. A ex­pec­ta­ti­va era a de que, com a pré-tem­po­ra­da, es­se pa­no­ra­ma mu­das­se, po­rém, de­mo­rou. Até no ban­co o meia foi pa­rar.

Com a no­va for­ma de jo­gar com o téc­ni­co Mau­ri­cio Bar­bi­e­ri, Ever­ton Ri­bei­ro vol­tou a atu­ar mais pe­la di­rei­ta, on­de se des­ta­cou na Ra­po­sa, e a boa fa­se vol­tou. Pri­mei­ro com atu­a­ções con­vin­cen­tes, de­pois a re­gu­la­ri­da­de e, ago­ra, seu fa­ro de ar­ti­lhei­ro: fez um go­la­ço con­tra o In­ter, pe­lo Bra­si­lei­ro, e dois con­tra o Eme­lec.

“É o meu me­lhor mo­men­to no Fla­men­go. A equi­pe es­tá ar­ru­ma­da.Meu­cres­ci­men­to­vem­pe­lo de­sem­pe­nho­do­ti­me.To­dos­mais pró­xi­mos em cam­po. Is­so aju­da a apa­re­cer o in­di­vi­du­al”, ana­li­sou o meia,que­já­tem­si­do­cha­ma­do­de Ever­ton‘Mi­tei­ro’por tor­ce­do­res.

A fa­se é tão boa que nem mes­mo as di­fi­cul­da­des que ele pas­sou nas úl­ti­mas du­as se­ma­nas atra­pa­lha­ram. Com a es­po­sa Ma­rí­lia Nery in­ter­na­da, o cra­que pra­ti­ca­men­te dor­miu no hos­pi­tal to­dos os di­as. Tu­do foi re­com­pen­sa­do com o nas­ci­men­to de Au­gus­to. Pre­ma­tu­ro, o me­ni­no fi­ca­rá mais al­guns di­as in­ter­na­do, mas es­tá bem e já pô­de “as­sis­tir” ao pri­mei­ro show do pai pe­lo Men­gão.

“Meu fi­lho veio nu­ma ho­ra que não es­pe­rá­va­mos, mas es­tá in­do bem. Es­se jo­go foi pa­ra co­ro­ar es­se mo­men­to que vi­vo”, afir­mou Ever­ton.

Re­pRo­du­ção do Ins­ta­gRam

Omei­aE­ver­tonRi­bei­ro­co­ma­es­po­saMa­rí­li­aNerye­o­fi­lhoAu­gus­to

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.