CO­NHE­çA O PO­DER DA Mú­SI­CA

Mente Curiosa - - PÍLULAS -

Vo­cê sa­bia que ela po­de ser uma gran­de ali­a­da da con­cen­tra­ção? Is­so ocor­re por­que a mú­si­ca es­ti­mu­la vá­ri­as áre­as do cé­re­bro, me­lho­ran­do não só o fo­co, mas tra­zen­do vá­ri­os ou­tros be­ne­fí­ci­os ao or­ga­nis­mo. “Por meio de de­ter­mi­na­dos sons ou mú­si­cas, con­se­gui­mos au­men­tar o ní­vel de oxi­ge­na­ção ce­re­bral, re­sul­tan­do nu­ma me­lhor ir­ri­ga­ção san­guí­nea do cé­re­bro, fa­vo­re­cen­do a plas­ti­ci­da­de do ór­gão co­mo um to­do”, ex­pli­ca a mu­si­co­te­ra­peu­ta Ma­ria Isa­bel Si­ne­ga­glia. A mú­si­ca tam­bém tem efei­tos ime­di­a­tos, co­mo a sen­sa­ção de pra­zer e felicidade, mu­dan­do o hu­mor. Atu­al­men­te, a mu­si­co­te­ra­pia vi­rou uma al­ter­na­ti­va muito pro­cu­ra­da: é um mé­to­do que uti­li­za a mú­si­ca pa­ra de­sen­vol­ver ha­bi­li­da­des e ofe­re­cer um tra­ta­men­to di­fe­ren­ci­a­do a seus pa­ci­en­tes. De acor­do com Ma­ria Isa­bel, “a me­di­ci­na so­no­ra atua co­mo tra­ta­men­to nas áre­as fí­si­ca, psí­qui­ca, emo­ci­o­nal e com­por­ta­men­tal, apre­sen­tan­do re­sul­ta­dos ab­so­lu­ta­men­te ex­pres­si­vos”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.