QU­AL FOI A IM­POR­TÂN­CIA E O LE­GA­DO DE JOHN LANG­DON DOWN?

Mente Curiosa - - PÍLULAS -

O in­glês que deu seu no­me à sín­dro­me foi um es­tu­dan­te e pes­qui­sa­dor de me­di­ci­na do Lon­don Hos­pi­tal Me­di­cal Col­le­ge na Inglaterra, e foi o res­pon­sá­vel por lan­çar as ba­ses do fu­tu­ro pro­gra­ma as­sis­ten­ci­al vol­ta­do a to­das as pes­so­as com do­en­ça men­tal no país e em todo o Rei­no Uni­do. “Down de­sen­vol­veu pro­gra­mas edu­ca­ti­vos, de treinamento fí­si­co, es­ti­mu­la­ção sen­so­ri­al e ati­vi­da­des sociais, re­co­nhe­cen­do a exis­tên­cia de ques­tões co­mo ex­clu­são so­ci­al, so­li­dão e li­mi­ta­do con­ta­to so­ci­al”, enu­me­ra Lí­lia Azevedo Mo­rei­ra, ge­ne­ti­cis­ta e pro­fes­so­ra da UFBA. A mi­nu­ci­o­sa des­cri­ção clí­ni­ca da sín­dro­me de Down pro­du­zi­da pelo mé­di­co in­glês trou­xe uma imen­su­rá­vel con­tri­bui­ção pa­ra o de­sen­vol­vi­men­to das ci­ên­ci­as mé­di­cas no geral.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.