Compreender pa­ra apren­der

Mente Curiosa - - NEWS -

Lem­brar da fór­mu­la de al­gum ele­men­to quí­mi­co, por exem­plo, po­de pa­re­cer uma mis­são im­pos­sí­vel. Po­rém, me­mo­ri­zar um mun­do de fór­mu­las po­de ser uma ta­re­fa mais fá­cil. E a so­lu­ção pa­ra es­se em­pe­ci­lho es­tá den­tro de sua pró­pria ca­be­ça, ga­ran­te o es­pe­ci­a­lis­ta. Co­nhe­cen­do co­mo se dá es­se pro­ces­so, é pos­sí­vel me­lho­rar – e mui­to – a ca­pa­ci­da­de da me­mó­ria. “Se sou­ber­mos co­mo o cé­re­bro apren­de, as­si­mi­la, ab­sor­ve, or­ga­ni­za e ar­ma­ze­na as in­for­ma­ções, po­de­mos po­ten­ci­a­li­zar es­te sis­te­ma, tor­nan­do as in­for­ma­ções fa­cil­men­te aces­sá­veis sem­pre que qui­ser­mos”, apon­ta Vic­tor.

A par­tir des­sa com­pre­en­são ple­na do fun­ci­o­na­men­to do pró­prio cé­re­bro, é pos­sí­vel po­ten­ci­a­li­zar seus re­cur­sos e, as­sim, de­fi­nir es­tra­té­gi­as na bus­ca por me­lho­res re­sul­ta­dos. Pa­ra o neu­ro­lin­guis­ta, ter um bom mé­to­do de apren­di­za­gem e de me­mo­ri­za­ção po­de pro­por­ci­o­nar um me­lhor de­sem­pe­nho men­tal.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.