UM EXA­ME DA DOR

Mente Curiosa - - NEWS -

Jus­ta­men­te pela sub­je­ti­vi­da­de im­plí­ci­ta na dor, a sen­sa­ção, mui­tas ve­zes, re­pre­sen­ta um mis­té­rio pa­ra os mé­di­cos e pes­qui­sa­do­res pela di­fi­cul­da­de em me­dir o so­fri­men­to do pa­ci­en­te, prin­ci­pal­men­te se tra­tan­do da­que­les com di­fi­cul­da­de pa­ra ex­pres­sá-las. Pen­se em um be­bê: ele po­de cho­rar ao sen­tir um des­con­for­to, mas iden­ti­fi­cá-lo e sa­ber o qu­an­to es­tá in­co­mo­dan­do a cri­an­ça po­de ser mui­to mais di­fí­cil em com­pa­ra­ção com um adul­to com con­di­ções de di­zer “es­tou com uma dor mui­to for­te no estô­ma­go”. Por is­so, ci­en­tis­tas de qua­tro uni­ver­si­da­des dos Es­ta­dos Uni­dos – Co­lo­ra­do, Johns Hop­kins, Mi­chi­gan e No­va York – mo­ni­to­ra­ram reações cor­po­rais ao mes­mo tem­po em que re­gis­tra­ram res­pos­tas do cé­re­bro de gru­pos de vo­lun­tá­ri­os que pas­sa­vam por si­tu­a­ções do­lo­ro­sas. As­sim, a gran­de des­co­ber­ta fi­cou por con­ta da per­cep­ção de um pa­drão neu­ro­ló­gi­co na in­ten­si­da­de de do­res. Tais in­for­ma­ções po­dem ser úteis pa­ra di­ag­nós­ti­cos e pa­ra a com­pre­en­são do so­fri­men­to dos pa­ci­en­tes.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.