É pro­ble­ma de saú­de!

Mente Curiosa - - NEWS -

O di­ag­nós­ti­co de de­pres­são não sai em ne­nhum exa­me. É di­fe­ren­te, por exem­plo, de al­guém que te­nha di­a­be­tes, iden­ti­fi­cá­vel pe­lo ní­vel de gli­ce­mia no san­gue, ou um os­so que­bra­do, que fa­cil­men­te po­de ser vis­to por um raio-x. Tal­vez por is­so ain­da exis­ta tan­to pre­con­cei­to em tor­no da do­en­ça. Con­tu­do, em mui­tas pes­so­as, a de­pres­são é pro­vo­ca­da por um de­se­qui­lí­brio nos neu­ro­trans­mis­so­res, subs­tân­ci­as es­sen­ci­ais pa­ra o bom fun­ci­o­na­men­to do sis­te­ma ner­vo­so. Ela é, por­tan­to, uma do­en­ça co­mo qual­quer ou­tra e pre­ci­sa de tra­ta­men­tos mé­di­cos e mu­dan­ça de há­bi­tos. Fa­lar so­bre o pro­ble­ma, ter em­pa­tia e ten­tar en­ten­der me­lhor o que se pas­sa na men­te de­pres­si­va, por­tan­to, é es­sen­ci­al pa­ra dar fim ao pre­con­cei­to e cui­dar me­lhor de quem tan­to pre­ci­sa de aju­da. Boa lei­tu­ra!

Ma­ri­sa Sei, edi­to­ra ma­ri­sa.sei@as­tral.com.br

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.