An­tes de gas­tar, re­fle­tir

Mente Curiosa - - EDITORIAL -

É cla­ro que par­te do nos­so su­ces­so fi­nan­cei­ro de­pen­de de sor­te, de sur­gi­rem opor­tu­ni­da­des. De­pen­de tam­bém de ter co­nhe­ci­men­to so­bre o te­ma, ou se­ja, edu­ca­ção fi­nan­cei­ra. Não dá pa­ra ga­ran­tir que a sor­te ve­nha, mas es­tu­dar so­bre eco­no­mia do­més­ti­ca e in­ves­ti­men­tos, to­do mun­do po­de fa­zer - e es­se é o pri­mei­ro pas­so pa­ra co­me­çar a pou­par di­nhei­ro. Mas, de­pois de tu­do is­so, ain­da tem um fa­tor im­por­tan­te: o tra­ba­lho da men­te. As­sim co­mo nos­so es­ta­do men­tal co­or­de­na nos­so con­tro­le so­bre a ali­men­ta­ção, so­bre a não-pro­cras­ti­na­ção no tra­ba­lho ou a prá­ti­ca de ati­vi­da­de fí­si­ca, por exem­plo, ele tam­bém vai in­ter­fe­rir no mo­do co­mo usa­mos nos­so di­nhei­ro. Re­pro­gra­mar a men­te em re­la­ção aos gas­tos, en­tão, po­de mu­dar a sua vi­da. Boa lei­tu­ra e boa eco­no­mia!

Ma­ri­sa Sei, edi­to­ra ma­ri­sa.sei@as­tral.com.br

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.