Pro­du­ção in­dus­tri­al sur­pre­en­de com le­ve al­ta de 0,1% em abril Evo­lu­ção

Metro Brazil (ABC) - - Economia -

A pro­du­ção in­dus­tri­al bra­si­lei­ra te­ve de­sem­pe­nho me­lhor do que o es­pe­ra­do em abril ao mos­trar li­gei­ra al­ta em re­la­ção ao mês an­te­ri­or. A in­dús­tria, um dos se­to­res que mais so­frem com o ce­ná­rio de re­ces­são, ini­ci­ou o se­gun­do tri­mes­tre com avan­ço de 0,1% em abril, in­for­mou on­tem o IBGE (Ins­ti­tu­to Bra­si­lei­ro de Ge­o­gra­fia e Es­ta­tís­ti­ca).

Em­bo­ra a al­ta te­nha si­do mar­gi­nal, foi o se­gun­do mês se­gui­do de re­sul­ta­do po­si­ti­vo, após avan­ço de 1,4% em mar­ço na com­pa­ra­ção men­sal. Po­rém, em re­la­ção a abril de 2015, a pro­du­ção so­freu que­da pe­la 26ª vez se­gui­da na ba­se anu­al, de 7,2%.

As ex­pec­ta­ti­vas em pes­qui­sa da Reuters com eco­no­mis­tas eram de re­cuo de 0,90% na va­ri­a­ção men­sal e de 8,80% na com­pa­ra­ção anu­al.

“Va­le des­ta­car que, mes­mo com es­ses dois me­ses de cres­ci­men­to, o to­tal da in­dús­tria re­cu­pe­rou ape­nas par­te da per­da de 2,9% ob­ser­va­da em fe­ve­rei­ro úl­ti­mo e ain­da en­con­tra-se 20,3% abai­xo do ní­vel re­cor­de al­can­ça­do em ju­nho de 2013”, in­for­mou o IBGE.

A ca­te­go­ria com me­lhor re­sul­ta­do em abril foi a de bens de ca­pi­tal, me­di­da de in­ves­ti­men­to, com al­ta de 1,2% so­bre mar­ço. Mas na com­pa­ra­ção com o mes­mo mês de 2015, as per­das che­ga­ram a 16,5%. Tam­bém re­gis­trou re­sul­ta­do po­si­ti­vo a pro­du­ção de bens in­ter­me­diá­ri­os, de 0,5% na ba­se men­sal, po­rém que­da de 7,5% em re­la­ção a um ano an­tes.

Dos 24 ra­mos pes­qui­sa­dos, 11 ti­ve­ram al­ta na com­pa­ra­ção men­sal em abril, sen­do as prin­ci­pais in­fluên­ci­as po­si­ti­vas pro­du­tos ali­men­tí­ci­os (4,6%) e co­que, pro­du­tos de­ri­va­dos do pe­tró­leo e bi­o­com­bus­tí­veis (4,0%). ME­TRO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.