Es­pa­nha: Ney­mar e seu pai são de­nun­ci­a­dos por frau­de

Metro Brazil (ABC) - - Esporte -

A Pro­cu­ra­do­ria da Es­pa­nha pe­de que Ney­mar se­ja pro­ces­sa­do, ao la­do de seu pai, por cor­rup­ção en­tre par­ti­cu­la­res por con­ta de su­pos­tos cri­mes que te­ria co­me­ti­do com re­la­ção ao fun­do bra­si­lei­ro DIS, que ad­mi­nis­tra­va seus di­rei­tos. Se con­de­na­do, o jo­ga­dor po­de­ria pe­gar de seis me­ses a dois anos de pri­são.

O pro­cu­ra­dor Jo­sé Pe­rals so­li­ci­tou que o juiz Jo­sé de la Ma­ta jul­gue o ca­so sob in­ves­ti­ga­ção e que in­di­cie o jo­ga­dor. A DIS man­ti­nha 40% dos di­rei­tos econô­mi­cos de Ney­mar e o acu­sa de não ter pa­go o que de­ve­ria ao fun­do ao ser ven­di­do pa­ra o Bar­ce­lo­na. De la Ma­ta já ou­viu Ney­mar, seu pai e sua mãe, além de exe­cu­ti­vos do clu­be ca­ta­lão.

A DIS in­sis­te que de­ve­ria ter re­ce­bi­do 40% do con­tra­to do Bar­ce­lo­na e acu­sa os en­vol­vi­dos de te­rem trans­fe­ri­do ape­nas es­se per­cen­tu­al dos 17,1 mi­lhões de eu­ros que ofi­ci­al­men­te fa­zi­am par­te do acor­do. Dois anos de­pois da as­si­na­tu­ra, foi re­ve­la­do que o con­tra­to che­ga­va a 83,3 mi­lhões de eu­ros. Além dis­so, pa­ra os pro­cu­ra­do­res es­pa­nhóis, ca­be in­de­ni­za­ção. BAND.COM

| DAVID RAMOS/GETTY IMAGES

Ney­mar res­pon­de a al­guns pro­ces­sos na Jus­ti­ça

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.