Juiz blo­queia bens e que­bra si­gi­lo de Cunha des­de 2007

Metro Brazil (ABC) - - Brasil -

O juiz Au­gus­to Pan­si­ni Gon­çal­ves, da 6ª Va­ra Fe­de­ral do Pa­ra­ná, blo­que­ou on­tem os bens de Edu­ar­do Cunha, de Cláu­dia Cruz e de três en­vol­vi­dos na acu­sa­ção de pro­pi­na pe­la com­pra de um cam­po de pe­tró­leo no Be­nin, na Áfri­ca, pe­la Pe­tro­bras.

O ma­gis­tra­do aten­deu a pe­di­do do MPF (Mi­nis­té­rio Pú­bli­co Fe­de­ral) na pro­pos­ta de ação de im­pro­bi­da­de ad­mi­nis­tra­ti­va con­tra Cunha, fei­ta na úl­ti­ma se­gun­da-fei­ra. A de­ci­são ain­da que­bra o si­gi­lo do de­pu­ta­do des­de 2007.

Fo­ram de­cre­ta­das a in­dis­po­ni­bi­li­da­de dos re­cur­sos e bens de Cunha, in­clu­si­ve das em­pre­sas C3 Pro­du­ções e Je­sus.com, am­bas em so­ci­e­da­de com Cláu­dia Cruz.

Na de­cla­ra­ção de con­tas das elei­ções de 2014, Cunha de­cla­rou ter R$ 840 mil com a C3 Pro­du­ções e R$ 47,5 mil em sua co­ta de par­ti­ci­pa­ção na Je­sus.com. Além dis­so, Cunha pos­sui uma fro­ta de oi­to car­ros de lu­xo, no va­lor to­tal de R$ 940 mil. Os veí­cu­los tam­bém fo­ram blo­que­a­dos, as­sim co­mo os imó­veis li­ga­dos às du­as em­pre­sas.

Em­bo­ra a de­ci­são te­nha si­do to­ma­da, o pe­di­do de aber­tu­ra da ação de im­pro­bi­da­de não foi de­ci­di­do pe­lo juiz. A ques­tão se­rá ava­li­a­da após a de­fe­sa do de­pu­ta­do se ma­ni­fes­tar.

ME­TRO CU­RI­TI­BA

| REPRODUÇÃO / STF

Car­ros em no­me da Je­sus.com fo­ram blo­que­a­dos

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.