Cres­ce o nú­me­ro de pes­so­as que mu­dam de área

Metro Brazil (ABC) - - Economia -

Le­van­ta­men­to re­a­li­za­do pe­lo si­te de em­pre­gos Catho mos­tra cres­ci­men­to do nú­me­ro de pro­fis­si­o­nais que pro­cu­ram por va­gas fo­ra de sua área de atu­a­ção.

En­tre 2015 e 2016, pas­sou de 9% pa­ra 11% o per­cen­tu­al de can­di­da­tos que se ofe­re­ce­ram a pos­tos de ou­tras áre­as. Já a fa­tia de pro­fis­si­o­nais que en­vi­am o cur­rí­cu­lo tan­to pa­ra va­gas den­tro qu­an­to fo­ra do ra­mo ori­gi­nal cres­ceu de 63% pa­ra 69%. O per­cen­tu­al de tra­ba­lha­do­res que que­rem va­gas so­men­te den­tro da área de atu­a­ção, por sua vez, caiu de 28% pa­ra 20%.

De acor­do com o di­re­tor de ges­tão da Catho, Mu­ri­lo Ca­vel­luc­ci, os da­dos su­ge­rem mai­or fle­xi­bi­li­da­de do pro­fis­si­o­nal bra­si­lei­ro. “O no­vo ce­ná­rio do mer­ca­do de tra­ba­lho, com au­men­to da ta­xa de de­sem­pre­go e au­men­to da com­pe­ti­ção, tem le­va­do mui­tos pro­fis­si­o­nais a ava­li­a­rem a pos­si­bi­li­da­de de uma mu­dan­ça de área”, afir­ma.

Es­sa, no en­tan­to, é uma de­ci­são que de­ve ser fun­da­men­ta­da, além de le­var em con­si­de­ra­ção in­te­res­ses e co­nhe­ci­men­tos do tra­ba­lha­dor. “É im­por­tan­te que o pro­fis­si­o­nal ana­li­se se tem as ha­bi­li­da­des ne­ces­sá­ri­as pa­ra in­gres­sar no no­vo ra­mo.” Fa­zer cur­sos de ca­pa­ci­ta­ção po­de ser um ca­mi­nho pa­ra quem de­se­ja mu­dar.

| ZANONE FRAISSAT/FOLHAPRESS

Cri­se re­du­ziu a ofer­ta de va­gas

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.