PF in­ves­ti­ga cam­pa­nha de Cam­pos e Marina

Avião que caiu ma­tan­do o can­di­da­to do PSB te­ria si­do com­pra­do por meio de um es­que­ma cri­mi­no­so

Metro Brazil (ABC) - - Front Page - MAR­CE­LO FREITAS

A PF (Po­lí­cia Fe­de­ral) pren­deu on­tem qua­tro pes­so­as acu­sa­das de par­ti­ci­par de um es­que­ma de la­va­gem de di­nhei­ro en­vol­ven­do o avião que caiu em San­tos (SP) com o en­tão pre­si­den­ciá­vel Edu­ar­do Cam­pos (PSB) e ou­tras seis pes­so­as a bor­do, em agos­to de 2014. To­dos mor­re­ram no aci­den­te.

O di­nhei­ro da ne­go­ci­a­ção do ja­to Ces­s­na Ci­ta­ti­on PR-AFA se­ria usa­do no pa­ga­men­to de pro­pi­na e pa­ra abas­te­cer cai­xa dois de cam­pa­nhas elei­to­rais.

A in­ves­ti­ga­ção da ope­ra­ção Tur­bu­lên­cia sus­pei­ta que a cam­pa­nha de Cam­pos ao go­ver­no de Per­nam­bu­co, em 2010, e até a cha­pa pre­si­den­ci­al Cam­pos e Marina Sil­va – que as­su­miu a ca­be­ça de cha­pa após a mor­te do po­lí­ti­co – te­nha re­ce­bi­do re­cur­sos ile­gais. Se­gun­do a PF, as mo­vi­men­ta­ções eram fei­tas em 18 con­tas de pes­so­as fí­si­cas e em­pre­sas de Per­nam­bu­co e Goiás. “Des­de 2010 as em­pre­sas ti­nham tran­sa­ções vo­lu­mo­sas, que se in­ten­si­fi­ca­ram em 2014. Por coin­ci­dên­cia ou não, as tran­sa­ções caí­ram após o aci­den­te”, apon­ta a de­le­ga­da An­drea Pi­nho.

O se­na­dor Fer­nan­do Be­zer­ra (PSB-PE) tam­bém é ci­ta­do co­mo be­ne­fi­ciá­rio do es­que­ma.

La­va Ja­to A em­prei­tei­ra OAS, in­ves­ti­ga­da na ope­ra­ção La­va Ja­to, tam­bém é al­vo da ope­ra­ção. A par­tir do com­par­ti­lha­men­to de in­for­ma­ções com a Jus­ti­ça do Pa­ra­ná, a PF iden­ti­fi­cou o de­pó­si­to de R$ 18 mi­lhões pa­ra a con­ta de uma em­pre­sa de fa­cha­da, iden­ti­fi­ca­da co­mo Câ­ma­ra e Vas­con­ce­los, em Per­nam­bu­co, cu­jo pro­pri­e­tá­rio Pau­lo Cé­sar Mo­ra­to es­tá fo­ra­gi­do.

A cons­tru­to­ra ale­ga que o di­nhei­ro se­ria pa­ra um ser­vi­ço de ter­ra­pla­na­gem nas obras da trans­po­si­ção do rio São Fran­cis­co. Sociedade Os em­pre­sá­ri­os João Car­los Ly­ra Edu­ar­do Frei­re Lei­te e Apo­lo San­ta­na Vi­ei­ra, apon­ta­dos co­mo do­nos do avião, e o ad­vo­ga­do Arthur La­pa­ra Ro­sal fo­ram pre­sos e le­va­dos à se­de da PF em Re­ci­fe (PE). Eles são acu­sa­dos de mon­tar uma sociedade pa­ra a com­pra do avião e, se con­de­na­dos, vão res­pon­der por or­ga­ni­za­ção cri­mi­no­sa, la­va­gem de di­nhei­ro e fal­si­da­de ide­o­ló­gi­ca.

Fo­ram cum­pri­dos ain­da 33 de man­da­dos de bus­ca e apre­en­são e 22 de con­du­ção co­er­ci­ti­va. Os agen­tes apre­en­de­ram car­ros de lu­xo, aviões e he­li­cóp­te­ros.

Ou­tro la­do O PSB ne­gou ato ilí­ci­to na cam­pa­nha de Cam­pos. Fer­nan­do Be­zer­ra dis­se que não tra­ba­lhou nas cam­pa­nhas e te­ve o no­me ci­ta­do in­de­vi­da­men­te. Marina evi­tou fa­zer co­men­tá­ri­os.

| ED­SON SIL­VA/FOLHAPRESS

Ja­ti­nho com Cam­pos e mais seis pes­so­as a bor­do caiu em 2014

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.