Não ex­plo­diu, eram só bis­coi­tos

Ho­mem li­ga pa­ra a po­lí­cia, diz que foi se­ques­tra­do e es­tá em um mo­vi­men­ta­do shop­ping de Bruxelas com um cin­tu­rão pron­to pa­ra ex­plo­dir. Só que não.

Metro Brazil (ABC) - - Mundo -

A po­lí­cia de Bruxelas de­te­ve on­tem um ho­mem no mo­vi­men­ta­do City 2 Shop­ping Mall, após ele ter anun­ci­a­do es­tar com ex­plo­si­vos pre­sos ao cor­po que se­ri­am aci­o­na­dos re­mo­ta­men­te. A área foi in­tei­ra­men­te iso­la­da, en­quan­to es­pe­ci­a­lis­tas em bom­bas ve­ri­fi­ca­vam o cin­tu­rão e des­co­bri­am que o dis­po­si­ti­vo con­ti­nha ape­nas sal e bis­coi­tos.

O res­pon­sá­vel pe­lo pâ­ni­co foi identificado pe­las ini­ci­ais J.B., tem 26 anos e ha­via cha­ma­do a po­lí­cia pa­ra di­zer que foi se­ques­tra­do e for­ça­do a ves­tir o cin­tu­rão ex­plo­si­vo, o que de­pois se re­ve­lou ser um alar­me fal­so.

“J.B. é co­nhe­ci­do da po­lí­cia tam­bém por cau­sa de pro­ble­mas men­tais”, in­for­mou a pro­mo­to­ria de Bruxelas.

O ho­mem foi le­va­do sob cus­tó­dia po­li­ci­al, mas de­ve­ria ser li­be­ra­do den­tro de 24 ho­ras – ou se­ja, ho­je –, a me­nos que um juiz apro­vas­se um pe­di­do da pro­mo­to­ria pa­ra pren­dê-lo for­mal­men­te e fa­zê-lo ser exa­mi­na­do por um psi­qui­a­tra. Aten­ta­do Bruxelas, com cer­ca de 1,2 mi­lhão de ha­bi­tan­tes, con­ti­nua ten­sa e em es­ta­do de aler­ta, três me­ses de­pois que três mi­li­tan­tes do Es­ta­do Is­lâ­mi­co se ex­plo­di­ram no ae­ro­por­to de Bruxelas e em um trem do me­trô, ma­tan­do 32 pes­so­as. ME­TRO

| FRAN­ÇOIS LENOIR/REU­TERS

Po­li­ci­al pa­tru­lha área do City 2 Shop­ping Mall

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.