SEGUUURA O FEI­JÃO!

Go­ver­no li­be­ra im­por­ta­ção do grão pa­ra bar­rar al­ta no pre­ço que che­gou a 54% em seis me­ses; com o qui­lo a mais de R$ 10, ape­nas co­lo­car mais água na pa­ne­la já não bas­ta: é pre­ci­so pro­tes­tar!

Metro Brazil (ABC) - - Front Page -

Com o ob­je­ti­vo de re­du­zir o pre­ço do fei­jão, o go­ver­no anun­ci­ou on­tem que o país irá au­men­tar a im­por­ta­ção do pro­du­to da Ar­gen­ti­na, Pa­ra­guai e Bo­lí­via, paí­ses do Mer­co­sul e isen­tos de ta­ri­fas. O ob­je­ti­vo é es­ti­mu­lar gran­des re­des de su­per­mer­ca­do a bus­ca­rem o grão nas re­giões on­de a ofer­ta é mai­or.

Se­gun­do o mi­nis­tro da Agri­cul­tu­ra, Blai­ro Mag­gi, tam­bém se­rá en­ca­mi­nha­do nes­ta se­ma­na um pe­di­do à Ca­mex (Câ­ma­ra de Co­mér­cio Ex­te­ri­or) pa­ra a isen­ção da ta­ri­fa pa­ra im­por­ta­ções de Mé­xi­co e Chi­na. Pa­ra o mi­nis­tro, o anún­cio da me­di­da de­ve­rá aju­dar a ame­ni­zar a al­ta de pre­ços, uma vez que os agen­tes do se­tor vão tra­ba­lhar com a ex­pec­ta­ti­va de um au­men­to da ofer­ta. Mag­gi afir­mou ain­da que es­pe­ra que em no má­xi­mo 90 di­as o abas­te­ci­men­to no mercado in­ter­no de­va es­tar res­ta­be­le­ci­do.

O pre­ço do fei­jão tem si­do um dos te­mas mais co­men­ta­dos nas re­des so­ci­ais. No Twit­ter, o as­sun­to ge­rou a cam­pa­nha #Te­mer Bai­xa OP­re­ço Do Fei­jão. Em pos­ta­gem no mi­cro­blog, o pre­si­den­te in­te­ri­no Mi­chel Te­mer usou a hash­tag pa­ra anun­ci­ar a me­di­da.

De ja­nei­ro até me­a­dos de ju­nho, o fei­jão-ca­ri­o­ca fi­cou 54,09% mais ca­ro, se­gun­do a pré­via da in­fla­ção, IPCA-15, di­vul­ga­da na úl­ti­ma ter­ça-fei­ra. O qui­lo do pro­du­to che­gou a su­pe­rar R$ 10 em su­per­mer­ca­dos de vá­ri­os Es­ta­dos bra­si­lei­ros. Mas não é só o ca­ri­o­qui­nha que su­biu nes­te ano: tam­bém fi­ca­ram mais ca­ros o mu­la­ti­nho (49,42%), o pre­to (21,36%) e o fra­di­nho (19,49%).

De acor­do com o Ins­ti­tu­to Bra­si­lei­ro do Fei­jão, o au­men­to de pre­ços se de­ve à seca em grande par­te dos Es­ta­dos que pro­du­zem o grão. Com que­da na ofer­ta e au­men­to da de­man­da, os pre­ços aca­ba­ram su­bin­do.

O fenô­me­no atin­ge tam­bém ou­tros itens bá­si­cos da ali­men­ta­ção, co­mo ar­roz e lei­te, dis­se à Rá­dio Ban­dei­ran­tes o pre­si­den­te do Ins­ti­tu­to Bra­si­lei­ro de Exe­cu­ti­vos de Va­re­jo & Mercado de Con­su­mo, Cláu­dio Fe­li­so­ni. O eco­no­mis­ta lem­bra que o im­pac­to afe­ta prin­ci­pal­men­te os con­su­mi­do­res de bai­xa ren­da.

Fe­li­so­ni con­si­de­ra acer­ta­da a de­ci­são do go­ver­no fe­de­ral de li­be­rar a im­por­ta­ção do fei­jão pa­ra ten­tar for­çar uma re­du­ção do pre­ço no mercado in­ter­no.

Ve­ra Lú­cia Car­va­lho, 60, apo­sen­ta­da Jo­sé Ru­bens Co­e­lho, 50, flo­ris­ta Mar­cos Antô­nio Fer­rei­ra de Li­ma, 46, co­mer­ci­an­te

Ca­mi­la Fer­rei­ra dos San­tos, 25, atriz

ANDRÉ POR­TO/ME­TRO

Bruno Roque, 25, pu­bli­ci­tá­rio

Lu­cas Vi­ei­ra Men­des, 25, en­fer­mei­ro Ma­ga­li Rossi, 53, ofi­ci­al de Jus­ti­ça Lu­cas Fróes de Freitas, 21, cou­ri­er

Jaime Olím­pio, 40, orientador de pá­teo

| LU­CAS LACAZ RUIZ/FU­TU­RA PRESS

Qui­lo do fei­jão-ca­ri­o­ca é ven­di­do por R$ 15 em fei­ra de São Jo­sé dos Cam­pos (SP)

| RE­PRO­DU­ÇÃO/TWIT­TER

Te­mer usou a hash­tag #Te­merBai­xaOP­re­çoDoFei­jão pa­ra anun­ci­ar me­di­das

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.