O QUE MU­DA COM A NO­VA NORMA DA CE­SÁ­REA

No­vas re­gras do Con­se­lho Fe­de­ral de Me­di­ci­na pa­ra a op­ção pe­lo pro­ce­di­men­to ci­rúr­gi­co

Metro Brazil (ABC) - - Brasil -

A RE­GRA PRA­ZO PA­RA OP­TAR A op­ção da ges­tan­te pe­la ce­sa­ri­a­na só po­de­rá ser fei­ta a par­tir da 39ª se­ma­na de ges­ta­ção – a não ser quan­do há in­di­ca­ção mé­di­ca de risco pa­ra a mãe ou pa­ra o be­bê TER­MO DE CON­SEN­TI­MEN­TO Ca­so a ges­tan­te op­te pe­la ce­sá­rea, ela pre­ci­sa­rá as­si­nar um ter­mo de con­sen­ti­men­to, for­ne­ci­do pe­lo mé­di­co e es­cri­to em lin­gua­gem de fá­cil com­pre­en­são EM CA­SO DE DIS­COR­DÂN­CIA Se hou­ver dis­cor­dân­cia en­tre a de­ci­são mé­di­ca e a von­ta­de da ges­tan­te, o mé­di­co po­de­rá in­di­car a ges­tan­te a ou­tro pro­fis­si­o­nal PER­GUN­TAS E RES­POS­TAS O que acon­te­ce com ce­sa­ri­a­nas já agen­da­das com me­nos de 39 se­ma­nas de ges­ta­ção? Elas de­vem ser re­mar­ca­das pa­ra quan­do a gra­vi­dez com­ple­tar 39 se­ma­nas Por que a re­gra foi im­ple­men­ta­da? A jus­ti­fi­ca­ti­va do CFM, baseada em es­tu­do do Co­lé­gio Ame­ri­ca­no de Obs­te­tras e Gi­ne­co­lo­gis­tas, é que a par­tir da 39ª se­ma­na se ini­cia a ges­ta­ção “a ter­mo” - ou se­ja, não pre­ma­tu­ra. An­tes des­se pe­río­do, o be­bê cor­re­ria mais risco de com­pli­ca­ção de saú­de, e a mãe, de san­gra­men­to no par­to E se a ges­tan­te en­trar em tra­ba­lho de par­to an­tes das 39 se­ma­nas, mas hou­ver in­di­ca­ção pa­ra a ci­rur­gia? As re­gras só se apli­cam pa­ra as ce­sa­ri­a­nas agen­da­das. Em ca­sos co­mo es­se, mé­di­co e ges­tan­te po­dem ava­li­ar qual o pro­ce­di­men­to mais in­di­ca­do Em quais ca­sos a ce­sá­rea é re­co­men­da­da? Quan­do hou­ver risco pa­ra o be­bê du­ran­te um par­to nor­mal ou quan­do a mãe ti­ver pro­ble­mas de saú­de

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.