Po­lí­cia in­ves­ti­ga se mor­te de fo­ra­gi­do foi sui­cí­dio

Metro Brazil (ABC) - - Brasil -

As no­tí­ci­as so­bre a bus­ca da Po­lí­cia Fe­de­ral pe­lo em­pre­sá­rio Pau­lo Ce­sar Mo­ra­to, 48, apon­ta­do co­mo la­ran­ja em um es­que­ma de cor­rup­ção que po­de ter mo­vi­men­ta­do R$ 600 mi­lhões, já eram pú­bli­cas qu­an­do ele en­trou – as ima­gens de câ­me­ras de se­gu­ran­ça su­ge­rem que ele es­ta­va so­zi­nho – em um mo­tel em Olin­da, na re­gião me­tro­po­li­ta­na de Re­ci­fe (PE), às 12h30 da úl­ti­ma ter­ça-fei­ra. Trin­ta ho­ras de­pois, após ten­ta­ti­vas de con­ta­to por te­le­fo­ne e ba­ten­do na por­ta, fun­ci­o­ná­ri­os do es­ta­be­le­ci­men­to en­con­tra­ram o ho­mem mor­to na ca­ma do quar­to.

Ao seu la­do ha­via re­mé­di­os pa­ra hi­per­ten­são e di­a­be­tes, que, ini­ci­al­men­te, não se­ri­am es­co­lhas comuns pa­ra um sui­cí­dio. A Po­lí­cia Ci­vil per­nam­bu­ca­na, po­rém, não des­car­ta a pos­si­bi­li­da­de de que ele te­nha ti­ra­do a pró­pria vi­da após sa­ber que se­ria pre­so.

As ou­tras li­nhas de in­ves­ti­ga­ção são a mor­te na­tu­ral e o ho­mi­cí­dio do ho­mem cu­ja em­pre­sa (fan­tas­ma, se­gun­do a PF), te­ria re­ce­bi­do R$ 18 mi­lhões da cons­tru­to­ra OAS e com­pra­do o ja­ti­nho que caiu na úl­ti­ma cam­pa­nha pre­si­den­ci­al, em 2014, ma­tan­do o ex-go­ver­na­dor de Per­nam­bu­co Eduardo Campos (PSB) e ou­tras seis pes­so­as. A Po­lí­cia Fe­de­ral acom­pa­nha o inqué­ri­to.

METRO BRA­SÍ­LIA

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.