Ci­ne­ma per­de Ab­bas Ki­a­ros­ta­mi

Ci­ne­as­ta ira­ni­a­no ven­ce­dor da Palma de Ou­ro mor­reu de cân­cer aos 76 anos

Metro Brazil (ABC) - - Front Page -

Ven­ce­dor da Palma de Ou­ro do Fes­ti­val de Can­nes de 1997 por “Gos­to de Ce­re­ja”, o di­re­tor ira­ni­a­no Ab­bas Ki­a­ros­ta­mi mor­reu on­tem aos 76 anos.

De acor­do com o jor­nal bri­tâ­ni­co “The Gu­ar­di­an”, ele foi di­ag­nos­ti­ca­do com cân­cer gas­troin­tes­ti­nal em mar­ço des­te ano e já ti­nha se sub­me­ti­do a uma sé­rie de ope­ra­ções. Re­cen­te­men­te, o di­re­tor ti­nha vi­a­ja­do pa­ra a Fran­ça pa­ra fa­zer um tra­ta­men­to.

No­me por trás de fil­mes de su­ces­so, co­mo “Clo­se-up” (1991), Ki­a­ros­ta­mi era con­si­de­ra­do um dos gran­des re­pre­sen­tan­tes do ci­ne­ma atu­al.

Nas­ci­do na ca­pi­tal do Irã, em 1940, ele es­tu­dou pin­tu­ra na Uni­ver­si­da­de de Te­e­rã e co­me­çou a tra­ba­lhar co­mo de­sig­ner grá­fi­co, fa­zen­do co­mer­ci­ais pa­ra a TV ira­ni­a­na.

Em 1969, se jun­tou ao Ka­nun (Cen­tro pa­ra De­sen­vol­vi­men­to In­te­lec­tu­al de Cri­an­ças e Jo­vens), on­de pas­sou a ge­ren­ci­ar o de­par­ta­men­to de ci­ne­ma e pô­de co­me­çar a fa­zer seus pró­pri­os fil­mes. Foi lá que ele pro­du­ziu seu pri­mei­ro lon­ga “O Re­la­tó­rio” (1977).

O Ka­nun tam­bém aju­dou Ki­a­ros­ta­mi a ini­ci­ar a cha­ma­da tri­lo­gia Ko­ker, res­pon­sá­vel pe­los três fil­mes que es­ta­be­le­ce­ri­am sua re­pu­ta­ção co­mo di­re­tor sen­sí­vel e de ri­gor in­te­lec­tu­al: “On­de es­tá a Ca­sa do Meu Ami­go?” (1987), “Vi­da e Na­da Mais (E A Vi­da Con­ti­nua)” (1992) e “Atra­vés das Oli­vei­ras” (1994).

Di­fe­ren­te­men­te de ou­tros co­le­gas ci­ne­as­tas, o ar­tis­ta es­co­lheu per­ma­ne­cer no Irã após a Re­vo­lu­ção Is­lâ­mi­ca de 1979, que impôs res­tri­ções ao tra­ba­lho de ar­tis­tas.

O di­re­tor man­ti­nha es­trei­ta re­la­ção com Le­on Ca­koff (1948-2011), cri­a­dor da Mos­tra In­ter­na­ci­o­nal de Ci­ne­ma de São Paulo, e vi­si­tou o Bra­sil di­ver­sas ve­zes pa­ra o even­to.

Seus úl­ti­mos tra­ba­lhos fo­ram “Có­pia Fi­el” (2010) e “Um Al­guém Apai­xo­na­do” (2012), ro­da­dos res­pec­ti­va­men­te na Itália e no Ja­pão, em um es­for­ço do di­re­tor em alar­gar as fron­tei­ras de seu ci­ne­ma.

Nos úl­ti­mos tem­pos, o di­re­tor se de­di­cou a fa­zer fil­mes cur­tos e se pla­ne­ja­va pa­ra exe­cu­tar seu pró­xi­mo lon­ga na Chi­na. ME­TRO

| DIVULGAÇÃO

Pró­xi­mo pro­je­to do ci­ne­as­ta se­ria ro­da­do na Chi­na

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.