8 di­cas pa­ra fa­zer a so­bran­ce­lha em ca­sa

Em tem­pos de cri­se, o ‘fa­ça vo­cê mes­ma’ vi­rou a no­va re­gri­nha de eco­no­mia. Mas se aven­tu­rar em ca­sa so­zi­nha na ho­ra de fa­zer a so­bran­ce­lha não é ta­re­fa sim­ples. Des­cu­bra quais são os er­ros mais co­muns, e co­mo evi­tá-los! ME­TRO

Metro Brazil (ABC) - - Be­le­za -

Luz

Mui­ta gen­te acha que quan­to mais for­te e cla­ra for a luz, me­lhor. Mas é aí que es­tá o er­ro. “Na ver­da­de, ela faz com que vo­cê aca­be ti­ran­do fi­os em ex­ces­so e ob­ten­do um re­sul­ta­do fi­no de­mais”, ex­pli­ca Lu­zia Cos­ta, da re­de Só­bran­ce­lhas. O ide­al é op­tar por uma luz opa­ca, que per­mi­ta ver so­men­te os pe­los fo­ra do lu­gar.

Aca­ba­men­to com lá­pis

Se exa­ge­rar na do­se e o as­pec­to fi­car fa­ke de­mais, es­co­ve os fi­os pa­ra dis­tri­buir me­lhor o pro­du­to – há pin­céis de ma­qui­a­gem ex­clu­si­vos pa­ra is­so, mas uma es­co­va de den­tes de cer­das fi­nas ou um apli­ca­dor de rí­mel (la­va­do, é cla­ro) tam­bém fun­ci­o­nam. Em se­gui­da, cor­ri­ja o ex­ces­so do con­tor­no com um cor­re­ti­vo do mes­mo tom da pe­le.

Es­pa­ça­men­to

Ti­rar em ex­ces­so os pe­los do cen­tro po­de dei­xar o olhar se­pa­ra­do de­mais. Pa­ra não er­rar, fa­ça al­gu­mas mar­ca­ções com lá­pis: as so­bran­ce­lhas co­me­çam na li­nha das na­ri­nas e o ar­co se ali­nha ao cen­tro da íris.

Nu­tri­ção

As­sim co­mo os cabelos, os fi­os das so­bran­ce­lhas pre­ci­sam ser tra­ta­dos. Com o tem­po, eles ten­dem a cair e fi­car mais ra­los. A di­ca é hi­dra­tá­los com sé­runs nu­tri­ti­vos ex­clu­si­vos pa­ra a re­gião, de pre­fe­rên­cia com óleo de jo­jo­ba, que aju­dam tam­bém no cres­ci­men­to e for­ta­le­ci­men­to.

Cor­te

O tru­que pa­ra não dei­xar o for­ma­to fa­lha­do ou fi­no de­mais é pen­te­ar to­dos os fi­os pa­ra ci­ma e só en­tão cor­tar os que ex­ce­dem. Não mu­de o ân­gu­lo da te­sou­ra e in­vis­ta nas que fo­rem re­tas.

Fa­lhas

Um lá­pis es­pe­cí­fi­co pa­ra a re­gião co­bre as fa­lhas e ain­da dei­xa um ar bem mais na­tu­ral do que a hen­na, por exem­plo. Pas­se-o le­ve­men­te na par­te da fren­te e es­cu­re­ça o ar­co e o fi­nal da so­bran­ce­lha. A téc­ni­ca tor­na o olhar mais le­ve e ao mes­mo tem­po mar­ca­do, sem dei­xar os fi­os ar­ti­fi­ci­ais.

Es­ti­lo me­nos ar­que­a­do

O mo­de­lo do mo­men­to são as so­bran­ce­lhas mais re­tas, co­mo a de Ken­dall Jen­ner, ir­mã de Kim Kar­dashi­an. Pa­ra en­trar nes­sa mo­da, a di­ca de Lui­za é pas­sar o lá­pis na par­te in­fe­ri­or da so­bran­ce­lha, abai­xo do ar­co, di­mi­nuin­do a cur­va e fa­zen­do uma li­nha re­ta.

Se de­pois de tu­do is­so, Afi­nou de­mais...

Te­nha pa­ci­ên­cia pa­ra es­pe­rá-los cres­cer e, en­quan­to is­so, uti­li­ze o lá­pis de so­bran­ce­lha pa­ra dis­far­çar. Quan­to mais pró­xi­mo da cor dos seus fi­os ele for, me­lhor se­rá o re­sul­ta­do fi­nal.

GETTY IMAGES SHUT­TERS­TOCK

SHUT­TERS­TOCK

SÓ­BRAN­CE­LHAS

SHUT­TERS­TOCK

SHUT­TERS­TOCK

SHUT­TERS­TOCK

SHUT­TERS­TOCK

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.