Por lei, fun­do par­ti­dá­rio é im­pe­nho­rá­vel, diz Jus­ti­ça

Metro Brazil (ABC) - - Brasil -

A Jus­ti­ça Fe­de­ral em São Pau­lo in­for­mou on­tem que ape­sar do blo­queio dos bens dos in­ves­ti­ga­dos na Cus­to Brasil ter si­do de­ter­mi­na­do em 3 de ju­nho, in­cluin­do uma con­ta do PT, no úl­ti­mo dia 27 a Jus­ti­ça man­dou li­be­rá-la, pois o par­ti­do de­mons­trou que se tra­ta­va da con­ta que re­ce­be os re­cur­sos do fun­do par­ti­dá­rio, que, por lei, é im­pe­nho­rá­vel.

“A prin­cí­pio, a in­ves­ti­ga­ção não de­mons­trou ne­nhum uso ilí­ci­to da con­ta que re­ce­be os va­lo­res re­fe­ren­tes ao fun­do par­ti­dá­rio. As­sim, além da im­pe­nho­ra­bi­li­da­de, fal­ta, ao me­nos por en­quan­to, jus­ta causa do blo­queio da con­ta”, afir­ma a de­ci­são que li­be­rou a con­ta do par­ti­do.

A de­fe­sa de Pau­lo Ber­nar­do diz que pe­di­rá a re­vo­ga­ção do blo­queio dos bens do ex-mi­nis­tro. Já a de­fe­sa de Vac­ca­ri afir­ma que os bens do ex-te­sou­rei­ro já es­ta­vam blo­que­a­dos des­de 2015 por causa de ou­tras ações em que ele é in­ves­ti­ga­do.

| ADRI­A­NO MA­CHA­DO/REUTERS

Pau­lo Ber­nar­do quan­do foi pre­so, no úl­ti­mo dia 23

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.