UFABC es­tá en­tre me­lho­res uni­ver­si­da­des

Ran­king in­ter­na­ci­o­nal co­lo­ca o equi­pa­men­to da re­gião co­mo a 18ª me­lhor da Amé­ri­ca La­ti­na

Metro Brazil (ABC) - - Front Page - CADU PROIETI

Le­van­ta­men­to iné­di­to fei­to pe­la THE (Ti­mes Higher Edu­ca­ti­on), en­ti­da­de dos Es­ta­dos Uni­dos que já se tor­nou tra­di­ci­o­nal ava­li­a­do­ra de uni­ver­si­da­des em to­do o mun­do, co­lo­ca a UFABC (Uni­ver­si­da­de Fe­de­ral do ABC) en­tre as 20 me­lho­res ins­ti­tui­ções de en­si­no uni­ver­si­tá­rio da Amé­ri­ca La­ti­na. Em âm­bi­to na­ci­o­nal, a UFABC fi­cou co­mo a 9ª me­lhor do Bra­sil e a 5ª en­tre as fe­de­rais bra­si­lei­ras.

É a pri­mei­ra vez que a THE divulga um ran­king ava­li­an­do so­men­te uni­ver­si­da­des la­ti­no-ame­ri­ca­nas. Se­gun­do o che­fe da As­ses­so­ria de Re­la­ções In­ter­na­ci­o­nais da UFABC, o pro­fes­sor Car­los Ka­mi­ens­ki, a pes­qui­sa é uma das mais im­por­tan­tes quan­do se tra­ta de ava­li­a­ção de uni­ver­si­da­des. “É a mais re­co­nhe­ci­da e bem acei­ta na co­mu­ni­da­de aca­dê­mi­ca”, diz.

São seis gru­pos de in­di­ca­do­res ava­li­a­dos pe­la ins­ti­tui­ção: en­si­no, pers­pec­ti­va in­ter­na­ci­o­nal, pes­qui­sa, citações, re­pu­ta­ção in­ter­na­ci­o­nal e re­cei­ta pro­ve­ni­en­te da in­dús­tria.

A me­to­do­lo­gia ado­ta­da pe­la THE pa­ra o La­tin Ame­ri­ca Uni­ver­sity Ran­kings (Ran­king La­ti­no-ame­ri­ca­no de Uni­ver­si­da­des, em por­tu­guês) so­freu adap­ta­ções em re­la­ção aos ran­kings tra­di­ci­o­nais fei­tos pe­la en­ti­da­de. A re­pu­ta­ção in­ter­na­ci­o­nal, ava­li­a­da atra­vés de pes­qui­sa com aca­dê­mi­cos do mun­do in­tei­ro, te­ve gran­de pe­so nos in­di­ca­do­res de pes­qui­sa e en­si­no.

Pa­ra Ka­mi­es­ki, es­se foi o fa­tor de a uni­ver­si­da­de da re­gião não ter al­can­ça­do po­si­ção ain­da me­lhor na lis­ta por con­ta da ju­ven­tu­de do equi­pa­men­to pú­bli­co de en­si­no, que com­ple­ta 10 anos no pró­xi­mo mês. “Uma uni­ver­si­da­de com me­nos de 10 anos apa­re­cer no ran­king não é mui­to co­mum. Por is­so, es­se re­co­nhe­ci­men­to in­ter­na­ci­o­nal é mui­to im­por­tan­te pa­ra nós. É ex­tre­ma­men­te re­le­van­te apa­re­cer­mos na lis­ta com tão pou­co tem­po de exis­tên­cia.”

No que­si­to re­pu­ta­ção in­ter­na­ci­o­nal, a UFABC fi­cou com no­ta 52,5, de um pa­ta­mar de ava­li­a­ção de 100 pon­tos. Por ou­tro la­do, a uni­ver­si­da­de da re­gião ob­te­ve de­sem­pe­nho no­tá­vel em citações in­ter­na­ci­o­nais, com no­ta de 84,3 nes­se in­di­ca­dor, ava­li­a­ção me­lhor até que a USP (Uni­ver­si­da­de de São Pau­lo), que li­de­ra o ran­king e foi ava­li­a­da em 59,9 nes­se fa­tor.

| TI­A­GO SIL­VA/AR­QUI­VO ME­TRO

Uni­ver­si­da­de com­ple­ta 10 anos no pró­xi­mo mês

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.