‘LE­VA TEM­PO SA­BER O QUE SE QUER FA­ZER’

Metro Brazil (ABC) - - Cultura -

Ela tem ape­nas 20 anos, mas já ven­deu mais de 10,5 mi­lhões de dis­cos pe­lo mun­do. Con­ver­sa­mos com Birdy, que fa­la so­bre seu ter­cei­ro ál­bum e ex­pli­ca co­mo é vi­ver so­zi­nha pe­la pri­mei­ra vez. Qual a mai­or di­fe­ren­ça de vi­ver por con­ta pró­pria? Co­zi­nhar pa­ra mim mes­ma e ti­rar o li­xo (ri­sos). A coi­sa mais es­tra­nha é que tu­do fi­ca mui­to qui­e­to. Es­tou acos­tu­ma­da a uma ca­sa cheia de gen­te e que, em ge­ral, é bem ba­ru­lhen­ta. É es­qui­si­to ter tan­to es­pa­ço pa­ra pen­sar. Mas apos­to que é in­crí­vel ter to­do es­se si­lên­cio pa­ra pre­en­cher de can­ções. Tem si­do in­crí­vel pa­ra es­cre­ver. Te­nho um pi­a­no ver­ti­cal – e is­so é óti­mo. Vo­cê fa­lou de co­zi­nha. Vo­cê exer­ce sua cri­a­ti­vi­da­de tam­bém na gas­tro­no­mia? Não con­si­go co­zi­nhar. Sou pés­si­ma (ri­sos)! Co­zi­nho tão mal que já pas­sei mal. Ten­to não fa­zê-lo – a ex­ce­ção são as mas­sas, que, fe­liz­men­te, são meu pra­to fa­vo­ri­to. Seu úl­ti­mo ál­bum, “Fi­re Within”, tem três anos. O que vo­cê tem fei­to des­de en­tão? Te­nho vi­a­ja­do bas­tan­te em tur­nês e ve­nho tra­ba­lhan­do há um ano e meio no no­vo dis­co [“Beautiful Lies”], o que me deu a chan­ce de vol­tar a uma vi­da nor­mal e ver mi­nha fa­mí­lia. Va­mos fa­lar do no­vo ál­bum. Vo­cê se ins­pi­rou em al­go em par­ti­cu­lar? No­tei al­gu­ma in­fluên­cia ori­en­tal. Ele foi ins­pi­ra­do no li­vro “Me­mó­ri­as de uma Gu­ei­xa”. Ele fa­la de uma ga­ro­ta ti­ra­da de sua fa­mí­lia no in­te­ri­or que é for­ça­da a se tor­nar uma gu­ei­xa na ci­da­de gran­de e pre­ci­sa apren­der a lu­tar por si mes­ma. As ima­gens cons­truí­das pe­lo li­vro são lin­das. Ado­ro a for­ça da gu­ei­xa. Usei um qui­mo­no na ca­pa do ál­bum e, às ve­zes, o uso no pal­co, por­que ado­ro co­mo ele me faz sen­tir for­te. Qual é a can­ção mais pes­so­al de “Beautiful Lies”? Uma das mais pes­so­ais é “Lost it All”. Es­ta­va bas­tan­te frus­tra­da na épo­ca, por­que não es­ta­va tão con­fi­an­te. Mas le­va tem­po pa­ra sa­ber o que vo­cê quer fa­zer e ex­pe­ri­men­tar coi­sas no­vas – e is­so faz par­te de cres­cer e vi­ver. Tem ou­vi­do al­gu­ma mú­si­ca boa nos úl­ti­mos di­as? Não ou­ço mui­ta mú­si­ca, mas ul­ti­ma­men­te te­nho ou­vi­do bas­tan­te Lau­ra Mvu­la. Ela é re­al­men­te ta­len­to­sa. Ela é mui­to emo­ti­va e bas­tan­te es­qui­si­ta – com mui­tas har­mo­ni­as. ME­TRO IN­TER­NA­CI­O­NAL

“BEAUTIFUL LIES” BIRDY WARNER R$ 30

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.