Bra­si­lei­ros na fai­xa de 30 anos são os que mais atra­sam con­tas

Ina­dim­plên­cia. Me­ta­de da po­pu­la­ção nes­sa fai­xa etá­ria en­cer­rou o se­mes­tre no ver­me­lho. To­tal de con­su­mi­do­res no ca­das­tro de de­ve­do­res cres­ceu 3,21% em ju­nho, se­gun­do o SPC Bra­sil

Metro Brazil (ABC) - - Economia -

Me­ta­de da po­pu­la­ção en­tre 30 e 39 anos (50,19%) ter­mi­nou o pri­mei­ro se­mes­tre com o no­me ins­cri­to em al­gu­ma lis­ta de de­ve­do­res. Em nú­me­ro ab­so­lu­to, são 17 mi­lhões de ina­dim­plen­tes nes­sa fai­xa etá­ria, se­gun­do pes­qui­sa di­vul­ga­da on­tem pe­lo SPC Bra­sil (Ser­vi­ço de Pro­te­ção ao Cré­di­to) e pe­la CNDL (Con­fe­de­ra­ção Na­ci­o­nal de Di­ri­gen­tes Lo­jis­tas).

A eco­no­mis­ta-che­fe do SPC Bra­sil, Mar­ce­la Kawau­ti, afir­ma que as pes­so­as nes­sa ida­de, ge­ral­men­te, já são che­fes de fa­mí­lia e têm um nú­me­ro mai­or de com­pro­mis­sos, co­mo alu­guel, água, luz, en­tre ou­tras des­pe­sas do­més­ti­cas. “To­dos es­ses fa­to­res, ali­a­dos à fal­ta de pla­ne­ja­men­to or­ça­men­tá­rio e os efei­tos da cri­se econô­mi­ca, im­pac­tam ne­ga­ti­va­men­te na ca­pa­ci­da­de de pa­ga­men­to”, ex­pli­ca.

O ín­di­ce de ina­dim­plên­cia na po­pu­la­ção com ida­de en­tre 25 e 29 anos tam­bém é ele­va­do, de 48,58%, to­ta­li­zan­do 8,3 mi­lhões de con­su­mi­do­res. En­tre os mais jo­vens, de 18 a 24 anos, a pro­por­ção cai pa­ra 22,14%, ou 5,29 mi­lhões de ina­dim­plen­tes. Na po­pu­la­ção ido­sa, en­tre 65 a 84 anos, a pro­por­ção é de 28,89%, o que re­pre­sen­ta 4,39 mi­lhões de pes­so­as que não con­se­guem hon­rar seus com­pro­mis­sos fi­nan­cei­ros.

O nú­me­ro to­tal de con­su­mi­do­res do país com con­tas em atra­so au­men­tou 3,21% em ju­nho na com­pa­ra­ção com o mes­mo mês do ano pas­sa­do, se­gun­do o SPC Bra­sil. Em re­la­ção a maio, hou­ve um le­ve re­cuo, de 0,77%.

O SPC Bra­sil es­ti­ma que apro­xi­ma­da­men­te 59,1 mi­lhões de pes­so­as fí­si­cas ter­mi­na­ram o pri­mei­ro se­mes­tre de 2016 ins­cri­tas em ca­das­tros de de­ve­do­res, o que re­pre­sen­ta 39,76% da po­pu­la­ção com ida­de en­tre 18 e 95 anos. Em maio, es­se nú­me­ro era um pou­co mai­or, es­ti­ma­do em 59,25 mi­lhões.

So­men­te no ano de 2016, mais de dois mi­lhões de bra­si­lei­ros pas­sa­ram a fa­zer par­te das lis­tas de ina­dim­plen­tes, já que em de­zem­bro de 2015 es­ti­ma­va-se um to­tal de 57,1 mi­lhões de bra­si­lei­ros com res­tri­ção do cré­di­to.

A al­ta do nú­me­ro de ina­dim­plen­tes na com­pa­ra­ção anu­al é a me­nor pa­ra me­ses de ju­nho des­de 2011. Pa­ra o pre­si­den­te da CNDL, Ho­nó­rio Pi­nhei­ro, po­rém, a de­sa­ce­le­ra­ção não po­de ser in­ter­pre­ta­do co­mo um si­nal de que os con­su­mi­do­res es­tão qui­tan­do su­as dí­vi­das, mas co­mo um re­fle­xo do cré­di­to mais res­tri­to. “Os ju­ros ele­va­dos, a in­fla­ção cor­ro­en­do o po­der de com­pra e a per­da de di­na­mis­mo do mer­ca­do de tra­ba­lho tor­nam os ban­cos e os es­ta­be­le­ci­men­tos co­mer­ci­ais mais ri­go­ro­sos e cri­te­ri­o­sos na po­lí­ti­ca de con­ces­são de fi­nan­ci­a­men­tos e em­prés­ti­mos, o que im­pli­ca em uma me­nor ofer­ta de cré­di­to na pra­ça”, ex­pli­ca Pi­nhei­ro. ME­TRO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.