OS NO­VOS CA­MI­NHOS DO ROCK NO ABC

Per­fil do es­ti­lo mu­si­cal na re­gião mu­da com o pas­sar do tem­po e en­con­tra saí­da em fes­ti­vais

Metro Brazil (ABC) - - Cultura -

Os tem­pos de ou­ro do rock na re­gião, co­mo nas dé­ca­das de 1980 e 1990, pas­sa­ram e mui­ta coi­sa mu­dou no ce­ná­rio re­gi­o­nal. O rock no ABC atu­al­men­te so­fre com a fal­ta de in­cen­ti­vo e bus­ca se man­ter com fes­ti­vais e em al­gu­mas pou­cas ca­sas de shows que abrem es­pa­ço pa­ra as ban­das lo­cais. Um des­ses even­tos é o “Ani­mal Rock Fes­ti­val”, que che­ga à sua ter­cei­ra edi­ção nes­te sá­ba­do, às 12h30, em San­to An­dré (rua Be­li­zá­rio Al­ves de Ta­va­res, 190, Vi­la Me­ta­lúr­gi­ca) com apre­sen­ta­ção das ban­das Un­der­ground, Crazy Band, Stragha, Mon­ta­nha e Hells Pri­ma­rivs. Se­gun­do um dos or­ga­ni­za­do­res do fes­ti­val, Ren­ne San­tos, o pa­pel dos fes­ti­vais de rock na re­gião é di­vul­gar e unir os gru­pos do ABC. “As ban­das an­ti­gas ti­nham mais união, as atu­ais não têm mui­to. O rock tam­bém caiu bas­tan­te por cau­sa de es­pa­ço e in­cen­ti­vo das pre­fei­tu­ras”, dis­se San­tos, que é di­re­tor do do­cu­men­tá­rio “San­to An­dré: A Ci­da­de do Rock”, que fa­la so­bre a tra­je­tó­ria do gê­ne­ro no mu­ni­cí­pio.

Com a fal­ta de in­cen­ti­vo e de união en­tre os mú­si­cos, além de fes­ti­vais, as ban­das com mú­si­cas de au­to­ria pró­pria pro­cu­ram es­pa­ços co­mo o San­to Rock Bar e o Bar Mor­tal, em San­to An­dré, e a Ca­sa­ma­re­la, em São Ber­nar­do, pa­ra to­ca­rem seu som. Ou­tro ca­mi­nho Ou­tra apos­ta do rock da re­gião pa­ra se man­ter ati­vo sur­giu em São Ber­nar­do.

Pe­la pri­mei­ra vez, a ci­da­de po­de­rá con­tar com o rock no Pla­no Mu­ni­ci­pal da Cul­tu­ra, que de­ve in­cluir o gê­ne­ro no or­ça­men­to e pla­ne­ja­men­to da ci­da­de.

De acor­do com um dos re­pre­sen­tan­tes do seg­men­to no pla­no, Evan­dro de Mar­co, a in­ten­ção é bus­car apoio por meio do po­der pú­bli­co. “Pe­di­mos a re­a­li­za­ção de shows vol­ta­dos a es­se gê­ne­ro na ci­da­de, au­xí­lio no in­ter­câm­bio com ou­tros mu­ni­cí­pi­os e tam­bém pro­xi­mi­da­de do au­di­o­vi­su­al pa­ra pro­du­zir os ví­de­o­cli­pes na ci­da­de”, con­tou de Mar­co, que tam­bém é vo­ca­lis­ta da ban­da Ul­tras­sô­ni­co, de São Ber­nar­do.

O pro­je­to ain­da de­pen­de da apro­va­ção do Le­gis­la­ti­vo e do Exe­cu­ti­vo.

Um pri­mei­ro in­cen­ti­vo por par­te da pre­fei­tu­ra já veio ao re­ser­var “pre­fe­ren­ci­al­men­te” o dia 17 de ju­lho co­mo “Dia Mu­ni­ci­pal do Rock”. Nes­te do­min­go, o Par­que da Ju­ven­tu­de (ave­ni­da Ar­man­do Íta­lo Set­ti, 65, São Ber­nar­do) re­ce­be gra­tui­ta­men­te um fes­ti­val do gê­ne­ro com shows das ban­das lo­cais Ne­cro­man­cia, Se­venth Se­al, Eyes of Behol­der, Sa­na­tory, Ce­lo­fa­ne e Con­de­na­dos, a par­tir das 13h. ME­TRO ABC

Dia 13 de ju­lho é con­si­de­ra­do o Dia Mun­di­al do Rock por con­ta do fes­ti­val “Li­ve Aid”, que foi apre­sen­ta­do nes­te dia, em 1985. O even­to acon­te­ceu si­mul­ta­ne­a­men­te em Lon­dres, In­gla­ter­ra e nos Es­ta­dos Uni­dos e con­tou com a par­ti­ci­pa­ção de di­ver­sos mú­si­cos e ban­das con­sa­gra­das, co­mo Scor­pi­ons, Qu­e­en, Led Zep­pe­lin, The Who, Black Sab­bath, Phil Col­lins, en­tre ou­tros mons­tros sa­gra­dos do rock.

DIVULGAÇÃO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.