Na­da subs­ti­tui a con­vi­vên­cia

Metro Brazil (ABC) - - Educação -

Ex­por as cri­an­ças à tec­no­lo­gia tão ce­do exi­ge cau­te­la. As fer­ra­men­tas tec­no­ló­gi­cas fa­zem tu­do por nós. Bas­ta um cli­que e tu­do es­tá à mão. Cres­cer em con­ta­to com es­se es­ti­lo de vi­da po­de fa­zer com que a cri­an­ça se­ja mui­to ime­di­a­tis­ta. “Os pe­que­nos ex­pos­tos à tec­no­lo­gia são acos­tu­ma­das a ‘ter tu­do na ho­ra’ e não sa­bem es­pe­rar. Trans­fe­rem a di­nâ­mi­ca dos jo­gos pa­ra a vi­da, que­rem tu­do na ho­ra e não acei­tam um não co­mo res­pos­ta”, ex­pli­ca a psi­có­lo­ga edu­ca­ci­o­nal Le­tí­cia Mar­ques.

É es­sen­ci­al que além da tec­no­lo­gia, a cri­an­ça te­nha um con­ta­to so­ci­al com a fa­mí­lia. Al­guns pais con­fi­am nos pro­gra­mas de te­le­vi­são ou em apli­ca­ti­vos pa­ra en­si­na­rem as cri­an­ças a fa­lar e a se co­mu­ni­car por­que são ‘edu­ca­ti­vos’, mas a cri­an­ça, neu­ro­lo­gi­ca­men­te, pre­ci­sa de in­te­ra­ção pa­ra apren­der a fa­lar e se­rá pre­ju­di­ca­da ca­so não ha­ja es­se ti­po de con­ver­sa di­re­ta.

É im­por­tan­te e ne­ces­sá­rio in­tro­du­zir a tec­no­lo­gia às cri­an­ças, a prin­ci­pal re­gra é mo­ni­to­rá-las e acom­pa­nhar su­as ati­vi­da­des na in­ter­net e nos cur­sos que even­tu­al­men­te fi­zer na área.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.