Pí­lu­la do cân­cer te­rá tes­tes em hu­ma­nos

A par­tir de se­gun­da, 10 pa­ci­en­tes serão tra­ta­dos com o re­mé­dio

Metro Brazil (ABC) - - Front Page -

A par­tir da pró­xi­ma se­gun­da-fei­ra, a fos­fo­e­ta­no­lam­ni­na sin­té­ti­ca – co­nhe­ci­da como “pí­lu­la do cân­cer” – pas­sa­rá a ser ofi­ci­al­men­te tes­ta­da em hu­ma­nos, como par­te da pes­qui­sa pa­ra ates­tar sua efi­cá­cia.

Se­rá a pri­mei­ra vez que a subs­tân­cia pas­sa­rá por tes­tes ofi­ci­ais com pes­so­as pa­ra ve­ri­fi­car sua se­gu­ran­ça e efe­ti­vi­da­de. Tes­tes in vi­tro e em ani­mais en­co­men­da­dos pe­lo Mi­nis­té­rio da Ci­ên­cia, Tec­no­lo­gia, Inovação e Co­mu­ni­ca­ções não apon­ta­ram resultados sa­tis­fa­tó­ri­os.

A pes­qui­sa, con­du­zi­da pe­lo Icesp (Ins­ti­tu­to do Cân­cer do Estado de São Paulo), co­me­ça­rá com dez pa­ci­en­tes, que serão me­di­ca­dos com a subs­tân­cia pa­ra ava­li­ar a se­gu­ran­ça da do­se que vem sen­do ad­mi­nis­tra­da nos tra­ta­men­tos “in­for­mais” fei­tos até ho­je. Se não hou­ver efei­tos co­la­te­rais gra­ves, ela se­gue adi­an­te.

Nes­se pon­to, se­gun­do o Icesp, co­me­ça o es­tá­gio 1 da pes­qui­sa. Serão acres­cen­ta­dos mais 210 pa­ci­en­tes, sen­do 21 pa­ra ca­da um dos 10 gru­pos de tu­mor: ca­be­ça e pes­co­ço, pul­mão, mama, có­lon e re­to (in­tes­ti­no), co­lo ute­ri­no, prós­ta­ta, me­la­no­ma, pân­cre­as, estô­ma­go e fí­ga­do.

Ca­so ha­ja si­nais de ati­vi­da­de da subs­tân­cia nes­sa fa­se, co­me­ça o es­tá­gio 2, com a in­clu­são de mais 20 pa­ci­en­tes de ca­da gru­po. Su­ces­sos fa­rão in­te­grar mais pa­ci­en­tes ao es­tu­do até o máximo de mil.

“Nos­sa pri­o­ri­da­de é a se­gu­ran­ça dos pa­ci­en­tes, por is­so, nes­se pri­mei­ro mo­men­to, va­mos ava­li­ar se a dro­ga é segura e se há evi­dên­cia de ati­vi­da­de”, dis­se, em no­ta, o di­re­tor-ge­ral do Icesp, Paulo Hoff. Im­bró­glio A “pí­lu­la do cân­cer”, de­sen­vol­vi­da pe­lo Ins­ti­tu­to de Quí­mi­ca da USP (Uni­ver­si­da­de de São Paulo), em São Carlos, foi usa­da por cer­ca de 20 anos sem nun­ca ter si­do tes­ta­da. Ela era dis­tri­buí­da gra­tui­ta­men­te a pes­so­as in­te­res­sa­das pe­la equi­pe co­or­de­na­da pe­lo pro­fes­sor apo­sen­ta­do Gil­ber­to Chi­e­ri­ce. Ele, in­clu­si­ve, acom­pa­nha os tes­tes atu­ais.

Após di­ver­sos pro­tes­tos e de­ci­sões ju­di­ci­ais, uma lei foi apro­va­da per­mi­tin­do a co­mer­ci­a­li­za­ção e uso da subs­tân­cia mes­mo sem re­gis­tro da An­vi­sa. Mas o STF (Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral), em de­ci­são li­mi­nar, sus­pen­deu a le­gis­la­ção.

| GIL­BER­TO MAR­QUES/A2IMG

Paulo Hoff (à esq.) e Alck­min anun­ci­a­ram a pes­qui­sa

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.