Ti­mão as­su­me a li­de­ran­ça com ‘aju­da’ do Pal­mei­ras

Co­rinthi­ans ba­teu o In­ter por 1x0 em Por­to Ale­gre e Ver­dão per­deu pa­ra o Bo­ta­fo­go por 3x1 no Rio

Metro Brazil (ABC) - - Front Page -

Após um domingo com to­dos os gran­des pau­lis­tas em cam­po, o sor­ri­so mu­dou de cor. Se era al­vi­ver­de, pas­sou a ser al­vi­ne­gro. O Co­rinthi­ans, que já vi­nha per­se­guin­do o Pal­mei­ras, se deu bem com a vi­tó­ria so­bre o In­ter na 17ª ro­da­da do Bra­si­lei­ro. Ago­ra é o lí­der, já que o ri­val foi der­ro­ta­do pe­lo Bo­ta­fo­go. O San­tos, que ga­nhou do Cru­zei­ro, su­biu pa­ra a vi­ce-li­de­ran­ça.

O pri­mei­ro a en­trar em cam­po foi o São Pau­lo. Em jo­go con­tra a Cha­pe­co­en­se ini­ci­a­do às 11h, no Mo­rum­bi, a tor­ci­da tri­co­lor fez bo­ni­to: 54.996 pes­so­as com­pa­re- ce­ram, es­ta­be­le­cen­do o no­vo recorde de pú­bli­co da com­pe­ti­ção. Quan­do a bo­la ro­lou, no en­tan­to, o ti­me não fez jus ao apoio re­ce­bi­do das ar­qui­ban­ca­das.

Os ca­ta­ri­nen­ses fi­ze­ram lo­go dois gols no iní­cio, aos 5 e aos 13 mi­nu­tos, em ca­be­ça­das de Kem­pes e Thi­e­go, No se­gun­do tem­po, a es­tre­la de Cu­e­va bri­lhou e evi­tou o pi­or pa­ra o Tri­co­lor. Pri­mei­ro, aos 16, o pe­ru­a­no acer­tou be­lo chu­te de fo­ra da área pa­ra di­mi­nuir e, aos 40, con­ver­teu com ca­te­go­ria o pê­nal­ti que se­lou o 2 a 2 no con­fron­to.

No meio da tar­de foi a vez de San­tos e de Co­rinthi­ans cum­pri­rem seus com­pro­mis­sos. O Pei­xe re­ce­beu na Vi­la Bel­mi­ro o Cru­zei­ro, que ti­nha Ma­no Me­ne­zes fa­zen­do sua re­es­treia. Mas a em­pol­ga­ção da Ra­po­sa não su­fi­ci­en­te pa­ra bre­car a as­cen­são do San­tos, que ga­nhou por 2 a 0.

De­pois de um pri­mei­ro tem­po equi­li­bra­do, o Pei­xe mos­trou sua su­pe­ri­o­ri­da­de na eta­pa com­ple­men­tar. Vitor Bu­e­no abriu o mar­ca­dor aos 16, com­ple­tan­do be­la tri­an­gu­la­ção do ata­que al­vi­ne­gro. O se­gun­do veio aos 29, em um gol con­tra bi­zar­ro de Lu­cas. O la­te­ral “com­ple­tou” cru­za­men­to e ca­be­ce­ou con­tra o pa­trimô­nio. Com a vi­tó­ria, o Pei­xe che­gou aos 32 pon­tos e as­su­miu de vez a bri­ga pe­la pon­ta da ta­be­la de clas­si­fi­ca­ção.

A ale­gria só não foi mai­or do que a co­rin­ti­a­na em Por­to Ale­gre. Com gol de Elias, o Ti­mão ba­teu o In­ter por 1 a 0. De­pois de um pri­mei­ro de pou­cas opor­tu­ni­da­des e mar­ca­do por mui­ta lu­ta no meio de cam­po, o al­vi­ne­gro che­gou ao seu ten­to aos 41 mi­nu­tos, com o ca­mi­sa 7 fi­na­li­zan­do com pre­ci­são a as­sis­tên­cia de Ro­me­ro. Na eta­pa fi­nal, o jo­go fi­cou mais aber­to, com o Co­lo­ra­do bus­can­do o em­pa­te e os pau­lis­tas res­pon­den­do nos con­tra-ata­ques. Mas o pla­car se­guiu o mes­mo até o api­to fi­nal.

A par­tir des­se mo­men­to, o Co­rinthi­ans as­su­miu a li­de­ran­ça, com 33 pon­tos. Aí era a ho­ra de se­car o Pal­mei­ras, que en­trou em cam­po lo­go de­pois pa­ra en­ca­rar o Bo­ta­fo­go no Rio. O Ver­dão, com 32 pon­tos, ha­via en­tra­do na ro­da­da na con­di­ção de lí­der.

Se foi por con­ta do “olho gran­de” do ri­val, não se sa­be, mas o Pal­mei­ras fez um dos pi­o­res jo­gos do ano. Do­mi­na­do pe­lo ad­ver­sá­rio, o Ver­dão as­sis­tiu a um show par­ti­cu­lar de Neíl­ton, au­tor de dois gols ain­da no pri­mei­ro tem­po, aos 18 e 36, após du­as be­las jo­ga­das in­di­vi­du­ais. Os pau­lis­tas ain­da di­mi­nuí­ram com Erik, aos 32. Mas, dez mi­nu­tos de­pois, o ba­nho de água fria veio dos pés de Ca­mi­lo, de pê­nal­ti, que mar­cou 3 a 1 e deus números fi­nais ao con­fron­to. O re­sul­ta­do o jo­gou da pon­ta pa­ra 3ª co­lo­ca­ção.

| JE­FER­SON GU­A­RE­ZE/AGIF/FO­LHA­PRESS

Elias mar­cou o gol do jo­go

| LUIZ MU­NHOZ/RECORTE DO OLHAR/FO­LHA­PRESS

Elias fez o gol da vi­tó­ria co­rin­ti­a­na

| CEL­SO PU­PO /FO­LHA­PRESS

Thi­a­go San­tos pa­re­ce não acre­di­tar no pla­car

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.