MPF vê pro­pi­na de R$ 20 mi em obra de cen­tro de pes­qui­sa

De­nún­cia con­tra 15 pes­so­as, in­clu­si­ve um ex-te­sou­rei­ro do PT, apon­ta que con­sór­cio com 5 em­pre­sas frau­dou li­ci­ta­ção da Pe­tro­bras. Cus­to da obra pas­sou de R$ 1 bi

Metro Brazil (ABC) - - Brasil - RA­FA­EL NEVES

O ex-te­sou­rei­ro do PT Pau­lo Fer­rei­ra e mais 14 pes­so­as fo­ram de­nun­ci­a­das on­tem pe­lo MPF (Mi­nis­té­rio Pú­bli­co Fe­de­ral) pe­lo re­pas­se de R$ 20,6 mi­lhões em pro­pi­nas pe­la obra do Cen­pes, uni­da­de de pes­qui­sas da Pe­tro­bras no Rio de Ja­nei­ro.

A acu­sa­ção é de­ri­va­da da 31ª fa­se da La­va Ja­to. De­fla­gra­da no co­me­ço de ju­lho – quan­do Fer­rei­ra já es­ta­va pre­so pe­la ope­ra­ção Cus­to Bra­sil, que apu­ra cor­rup­ção no Mi­nis­té­rio do Pla­ne­ja­men­to –, es­sa eta­pa pren­deu exe­cu­ti­vos do con­sór­cio No­vo Cen­pes, que as­su­miu a obra ao pre­ço de R$ 850 mi­lhões em 2008. O cus­to aca­ba­ria ul­tra­pas­san­do R$ 1 bi­lhão.

O MPF apon­ta que 11 em­prei­tei­ras, di­vi­di­das em con­sór­ci­os, re­par­ti­ram três obras da Pe­tro­bras por vol­ta de 2007: o cen­tro ad­mi­nis­tra­ti­vo da es­ta­tal em Vi­tó­ria-ES, o CIPD (Cen­tro In­te­gra­do de Pro­ces­sa­men­to de Da­dos) e o Cen­pes, no Rio.

O con­sór­cio No­vo Cen­pes era for­ma­do pe­las em­pre­sas OAS, Schahin, Cons­tru­cap, Cons­tru­ba­se e Ca­ri­o­ca. Em de­la­ção, os do­nos da Ca­ri­o­ca afir­ma­ram que o acor­do pre­via pro­pi­na 2% da obra, sen­do 1% pa­ra o PT e 1% pa­ra a “Ca­sa”, os ex-di­ri­gen­tes da Pe­tro­bras Re­na­to Du­que e Pe­dro Ba­rus­co. O ex-ge­ren­te Ba­rus­co já ha­via fa­la­do so­bre o ca­so, tam­bém em de­la­ção.

Dos pa­ga­men­tos ao PT, foi iden­ti­fi­ca­do que o ope­ra­dor Alexandre Ro­ma­no, o “Cham­bi­nho” – tam­bém en­vol­vi­do na Ope­ra­ção Cus­to Bra­sil – re­ce­beu qua­se R$ 1 mi­lhão das cons­tru­to­ras e di­vi­diu o va­lor com Pau­lo Fer­rei­ra, che­gan­do a fa­zer de­pó­si­tos à es­co­la de sam­ba Es­ta­do Mai­or da Res­tin­ga, de Porto Ale­gre, à ma­dri­nha da ba­te­ria da es­co­la e a pa­ren­tes do ex-te­sou­rei­ro.

Ou­vi­do pe­la PF, Fer­rei­ra dis­se não sa­ber de qual­quer acor­do en­vol­ven­do o Cen­pes e que o di­nhei­ro de­po­si­ta­do por Ro­ma­no era pa­ra ca­bos elei­to­rais da sua cam­pa­nha a de­pu­ta­do fe­de­ral em 2010. So­bre a es­co­la de sam­ba, dis­se ape­nas que aju­da as agre­mi­a­ções a cap­ta­rem re­cur­sos, ra­zão pe­la qual “re­ce­beu o tí­tu­lo de im­pe­ra­dor do sam­ba do Rio Gran­de do Sul”.

| DI­VUL­GA­ÇÃO / OAS

Obra do Cen­pes foi exe­cu­ta­da por con­sór­cio de cin­co em­pre­sas

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.