Se­cre­tá­rio de­fen­de va­ci­na da gri­pe a to­da po­pu­la­ção

Co­or­de­na­dor do gru­po re­gi­o­nal de saú­de na re­gião, Ho­me­ro Ne­po­mu­ce­no afir­ma que ca­sos de H1N1 se es­ta­bi­li­za­ram

Metro Brazil (ABC) - - Foco - VANESSA SELICANI

De­pois de 48 mor­tes con­fir­ma­das em de­cor­rên­cia da gri­pe A H1N1 e ou­tros 289 re­gis­tros de pa­ci­en­tes in­fec­ta­dos, o ABC con­se­guiu ze­rar no­vas no­ti­fi­ca­ções nas úl­ti­mas se­te se­ma­nas. Os da­dos são da Sa­la de Si­tu­a­ção Re­gi­o­nal pa­ra mo­ni­to­rar a do­en­ça mon­ta­da no Con­sór­cio In­ter­mu­ni­ci­pal do ABC. Des­de ju­nho, não há re­gis­tros de no­vos ca­sos da do­en­ça, que nes­te ano an­te­ci­pou o pi­co de ocor­rên­ci­as.

Na re­gião, o sur­to fi­cou en­tre os me­ses de mar­ço e abril. A Sa­la de Si­tu­a­ção ain­da di­vul­ga bo­le­tins com con­fir­ma­ções da do­en­ça. Mas o acom­pa­nha­men­to das no­vas no­ti­fi­ca­ções mos­tra es­ta­bi­li­da­de nos ca­sos.

O co­or­de­na­dor re­gi­o­nal de saú­de na en­ti­da­de e se­cre­tá­rio de Saú­de de San­to An­dré, Ho­me­ro Ne­po­mu­ce­no Du­ar­te, afir­ma que o pi­or já pas­sou. “É im­por­tan­te sa­ber que o nú­me­ro de ca­sos de gri­pe nun­ca ze­ram, mes­mo em me­ses quen­tes. Tem mí­ni­mo de re­gis­tros que con­ti­nu­am a ocor­rer. O que não exis­te mais é quan­ti­da­de gran­de ob­ser­va­da no pri­mei­ro se­mes­tre”, dis­se,

Ele afir­ma que a de­mo­ra nos lau­dos fi­nais so­bre a do­en­ça, que es­tão sen­do di­vul­ga­dos dois me­ses após as no­ti­fi­ca­ções, era es­pe­ra­da. “Os tes­tes pa­ra ví­rus são mui­to com­ple­xos.” Os di­ag­nós­ti­cos são re­a­li­za­dos pe­lo Ins­ti­tu­to Adol­fo Lutz, do go­ver­no do Es­ta­do.

Ho­me­ro de­fen­de que a va­ci­na­ção pa­ra a gri­pe, que nes­te ano ge­rou cor­re­ria e gran­des fi­las nas re­des pú­bli­ca e pri­va­da, se­ja uni­ver­sa­li­za­da. “Acho que es­ta é uma dis­cus­são per­ti­nen­te após o sur­to nes­te ano. O que vi­mos é que quem ti­nha di­nhei­ro e não es­ta­va no pú­bli­co al­vo con­se­guiu se imu­ni­zar. De­fen­do que a gen­te te­nha es­tra­té­gia de in­cor­po­rar pa­ra to­do mun­do as do­ses”, afir­mou.

O Mi­nis­té­rio da Saú­de in­clui atu­al­men­te na cam­pa­nha de va­ci­na­ção o gru­po con­si­de­ra­do de ris­co, que in­clui ges­tan­tes, cri­an­ças, ido­sos e do­en­tes crô­ni­cos. “É im­por­tan­te tam­bém que a po­pu­la­ção te­nha cons­ci­ên­cia da im­por­tân­cia da va­ci­na não só em anos de sur­tos.”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.