NA ES­TREIA EM OLIM­PÍA­DA, FLÁ­VIA SAI EM 5O

Metro Brazil (ABC) - - Esporte -

Apos­ta pa­ra fa­tu­rar a pri­mei­ra me­da­lha da gi­nás­ti­ca fe­mi­ni­na, Fla­via Sa­rai­va saiu da fi­nal da tra­ve, on­tem, com os olhos chei­os de lá­gri­mas e com a voz em­bar­ga­da. A gi­nas­ta ca­ri­o­ca de 1,33m ha­via se clas­si­fi­ca­do com a ter­cei­ra me­lhor no­ta, mas, na de­ci­são, dois pe­que­nos de­se­qui­lí­bri­os lhe ti­ra­ram o pó­dio. E lo­go no dia em que o fenô­me­no Si­mo­ne Bi­les, a ame­ri­ca­na que já ga­nhou três ou­ros no Rio, fa­lhou com um gran­de de­se­qui­lí­brio e abriu es­pa­ço pa­ra as ad­ver­sá­ri­as.

Fla­vi­nha, que re­ce­beu a no­ta 14,533, ter­mi­nou a pro­va em 5° lu­gar, igua­lan­do a mar­ca de Dai­a­ne dos San­tos co­mo a me­lhor po­si­ção de uma gi­nas­ta bra­si­lei­ra em Olim­pía­das. Com o er­ro, Bi­les (14,783 pon­tos) te­ve de se con­ten­tar com o bron­ze e ver a ho­lan­de­sa San­ne We­vers (15,066) con­quis­tar o ou­ro. A tam­bém ame­ri­ca­na Lau­ren Her­nan­dez (15,366) fi­cou com a pra­ta.

“Es­tou mui­to emo­ci­o­na­da”, dis­se a bra­si­lei­ra de 16 anos, vi­si­vel­men­te aba­la­da. “Não foi co­mo na clas­si­fi­ca­tó­ria, tal­vez ho­je não fos­se o meu dia, mas eu me es­for­cei mui­to e es­tou fe­liz. Es­sa é a mi­nha pri­mei­ra Olim­pía­da e fui mui­to bem, dei o meu má­xi­mo e, ago­ra, não sou mais uma no­va­ta. Sou a 5ª me­lhor do mun­do. Sou no­va e ain­da te­nho vá­ri­as Olim­pía­das pe­la fren­te. Vou trei­nar mais pa­ra na pró­xi­ma dar tu­do cer­to pa­ra mim”. R.M.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.