No­va re­gra aju­da 6 mil ‘fi­chas-su­jas’

As­so­ci­a­ção dos tri­bu­nais de con­tas cri­ti­cou on­tem de­ci­são do Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral que trans­fe­riu aos ve­re­a­do­res o po­der de tor­nar os pre­fei­tos ine­le­gí­veis

Metro Brazil (ABC) - - Brasil - MAR­CE­LO FREI­TAS

Após per­der po­der pa­ra re­jei­tar con­tas e tor­nar pre­fei­tos ine­le­gí­veis, os in­te­gran­tes dos tri­bu­nais de con­tas aler­ta­ram on­tem que seis mil pre­fei­tos e ex-pre­fei­tos “fi­chas-su­jas” po­dem ser be­ne­fi­ci­a­dos.

O STF (Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral) de­ci­diu que, a par­tir de ago­ra, os ve­re­a­do­res vão ter a pa­la­vra fi­nal so­bre a apro­va­ção ou não das con­tas dos pre­fei­tos. “84% das im­pug­na­ções de ges­to­res de­cor­re­ram des­sa nos­sa fun­ção de jul­gar con­tas, e ago­ra is­so vai ser es­va­zi­a­do”, afir­mou o pre­si­den­te da Atri­con (As­so­ci­a­ção dos Mem­bros dos Tri­bu­nais de Con­tas do Bra­sil), Val­de­cir Pas­co­al, que te­ve en­con­tro com o pre­si­den­te in­te­ri­no, Mi­chel Te­mer (PMDB).

A ca­te­go­ria ad­mi­te tra­ba­lhar pa­ra con­ven­cer a Cor­te a mu­dar de en­ten­di­men­to ou o Con­gres­so a apro­var uma emen­da à Cons­ti­tui­ção re­ver­ten­do a de­ci­são.

Con­tro­vér­si­as

A de­ci­são do STF foi to­ma­da ao ser iden­ti­fi­ca­da uma bre­cha na Lei da Fi­cha Lim­pa so­bre a com­pe­tên­cia do jul­ga­men­to de con­tas.

Um dia após afir­mar que a lei “pa­re­ce ter si­do fei­ta por bê­ba­dos”, o pre­si­den­te do TSE (Tri­bu­nal Su­pe­ri­or Elei­to­ral), Gil­mar Mendes, man­te­ve as crí­ti­cas. “Ban­cou-se um pou­co de Deus nes­se ti­po de ma­té­ria. E é pre­ci­so um pou­co res­pei­tar a in­te­li­gên­cia alheia, é pre­ci­so que a pró­pria le­gis­la­ção não apro­vei­te mo­men­tos emo­ci­o­nais pa­ra tra­zer coi­sas ab­so­lu­ta­men­te ir­ra­ci­o­nais”, afir­mou. “Acho a lei boa. Há uma le­gí­ti­ma de­man­da da so­ci­e­da­de por de­cên­cia po­lí­ti­ca”, di­ver­giu o mi­nis­tro Ro­ber­to Bar­ro­so.

Um dos au­to­res da lei, o juiz Mar­lon Reis, do Mo­vi­men­to de Com­ba­te à Cor­rup­ção Elei­to­ral, re­ba­teu Mendes. “A lei foi en­gen­dra­da por de­ze­nas de or­ga­ni­za­ções na­ci­o­nais, me­re­ce­do­ras do mai­or res­pei­to. Tem apoio unâ­ni­me da so­ci­e­da­de bra­si­lei­ra”, dis­se.

| ANTÔ­NIO CRUZ/ABR

Mi­chel Te­mer re­ce­beu pre­si­den­tes de tri­bu­nais de con­tas

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.