Pre­si­den­te do PSDB-GO é pre­so

Metro Brazil (ABC) - - Brasil -

Um es­que­ma de des­vio de re­cur­sos de con­tra­tos da Sa­ne­a­go – com­pa­nhia de abas­te­ci­men­to de Goiás –, pa­ra o pa­ga­men­to de dí­vi­das de cam­pa­nha, le­vou à pri­são on­tem o pre­si­den­te do PSDB no Estado, Afrê­ni Gon­çal­ves, e o pre­si­den­te da es­ta­tal, Jo­sé Ta­vei­ra. Afrê­ni é di­re­tor de ex­pan­são da em­pre­sa.

A ope­ra­ção De­can­ta­ção da PF (Po­lí­cia Fe­de­ral) cum­priu 11 man­da­dos de pri­são pre­ven­ti­va, 4 de pri­são tem­po­rá­ria, 21 de con­du­ção co­er­ci­ti­va e 67 de bus­ca e apre­en­são em Goi­â­nia (GO), Apa­re­ci­da de Goi­â­nia (GO), For­mo­sa (GO), Itum­bi­a­ra (GO), São Pau­lo e Flo­ri­a­nó­po­lis (SC).

O des­vio so­ma ao me­nos R$ 4,5 mi­lhões e te­ria abas­te­ci­do cam­pa­nhas po­lí­ti­cas, en­tre as quais a do atu­al go­ver­na­dor de Goiás, Mar­co­ni Pe­ril­lo (PSDB), além de ter pa­go um co­que­tel no Pa­lá­cio das Es­me­ral­das, se­de do go­ver­no do Estado, em ju­nho.

“O que a gen­te tem in­dí­ci­os mui­to ro­bus­tos é de pa­ga­men­to pa­ra o par­ti­do PSDB, em tor­no de R$ 400 mil”, afir­mou o che­fe re­gi­o­nal da CGU (Con­tro­la­do­ria-Ge­ral da União), Val­mir Go­mes Di­as

O di­nhei­ro des­vi­a­do vi­nha do PAC (Pro­gra­ma de Ace­le­ra­ção do Cres­ci­men­to) e de fi­nan­ci­a­men­tos do BNDES e da Cai­xa. Se­gun­do as in­ves­ti­ga­ções, pa­ra con­se­guir con­tra­tos, as em­prei­tei­ras pa­ga­vam pro­pi­na e os ser­vi­do­res da Sa­ne­a­go pro­mo­vi­am li­ci­ta­ção frau­du­len­ta. Os acu­sa­dos po­dem res­pon­der por pe­cu­la­to, cor­rup­ção pas­si­va e ati­va, or­ga­ni­za­ção cri­mi­no­sa e frau­des em li­ci­ta­ção.

Res­pos­tas O go­ver­no de Goiás afir­mou, em no­ta, que apóia as in­ves­ti­ga­ções. A Sa­ne­a­go in­for­mou que aguar­da to­mar ci­ên­cia dos fa­tos pa­ra se ma­ni­fes­tar. O PSDB de Goiás não se pro­nun­ci­ou.

| REPRODUÇÃO/FA­CE­BO­OK

Afrê­ni é di­re­tor da Sa­ne­a­go

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.