Go­ver­nis­tas com­bi­nam tom ame­no e res­pei­to­so

Metro Brazil (ABC) - - Brasil -

Os se­na­do­res que de­fen­dem o afas­ta­men­to de­fi­ni­ti­vo da pre­si­den­te Dil­ma Rous­seff mon­ta­ram on­tem es­tra­té­gia pa­ra não trans­for­mar o de­poi­men­to em ba­te-bo­ca que be­ne­fi­cie a pe­tis­ta. “Não acei­ta­re­mos as pro­vo­ca­ções nem a be­li­ge­rân­cia pro­pos­ta com o in­tui­to de cri­ar fa­tos no­vos que pos­sam mu­dar os vo­tos dos se­na­do­res”, dis­se o senador Agri­pi­no Maia (DEM-RN) on­tem, após reu­nião na se­de da li­de­ran­ça do PSDB no Se­na­do.

Ape­sar dos ape­los por um cli­ma ame­no e fa­la­rem em usar tom res­pei­to­so, há se­na­do­res do gru­po que não es­tão dis­pos­tos a acei­tar pro­vo­ca­ções se o tom de Dil­ma for mui­to agres­si­vo.

“Nos­sa dis­po­si­ção é de fa­zer per­gun­tas du­ras, téc­ni­cas, so­bre os cri­mes co­me­ti­dos pe­la pre­si­den­te pa­ra que ela pos­sa se ma­ni­fes­tar so­bre eles”, dis­se o senador Aé­cio Ne­ves (PSDB-MG). “Se o tom que vi­er da pre­si­den­te for ou­tro, a re­a­ção se­rá à al­tu­ra”, com­ple­tou.

| JO­SÉ CRUZ/AGÊNCIA BRA­SIL

Se­na­do­res se reu­ni­ram on­tem, em Brasília

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.