Te­mer se tor­na o 37º pre­si­den­te do Bra­sil

In­te­ri­no des­de 12 de maio, pe­e­me­de­bis­ta to­mou pos­se on­tem, em ce­rimô­nia que du­rou 11 mi­nu­tos no ple­ná­rio do Se­na­do, pa­ra um man­da­to de 28 me­ses. Não hou­ve dis­cur­sos, nem a fai­xa pre­si­den­ci­al foi co­lo­ca­da

Metro Brazil (ABC) - - Brasil - MAR­CE­LO FREI­TAS

Em rá­pi­da ce­rimô­nia no Se­na­do, Mi­chel Te­mer as­su­miu on­tem efe­ti­va­men­te a pre­si­dên­cia da Re­pú­bli­ca. O no­vo pre­si­den­te dei­xou de la­do for­ma­li­da­des: pre­fe­riu usar a cha­pe­la­ria a en­trar pe­la ram­pa do Con­gres­so; não fez dis­cur­sos, nem se­quer re­ce­beu a fai­xa pre­si­den­ci­al, que pre­ten­de es­tre­ar so­men­te na ce­rimô­nia de 7 de se­tem­bro.

Te­mer ape­nas as­si­nou o ter­mo de pos­se e fez o ju­ra­men­to. “Pro­me­to man­ter, de­fen­der e cum­prir a Cons­ti­tui­ção da Re­pú­bli­ca, ob­ser­var su­as leis, pro­mo­ver o bem ge­ral do po­vo brasileiro e sus­ten­tar a união, a in­te­gri­da­de e a in­de­pen­dên­cia do Bra­sil”, re­ci­tou.

Na me­sa ofi­ci­al, Te­mer te­ve a com­pa­nhia dos pre­si­den­tes do Se­na­do, Re­nan Ca­lhei­ros (PMDB-AL), da Câ­ma­ra, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do STF (Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral), Ri­car­do Lewan­dows­ki, que pre­si­diu a ses­são do im­pe­a­ch­ment.

Na pla­teia, os cor­re­li­gi­o­ná­ri­os se es­pre­mi­am pa­ra as­sis­tir à ce­rimô­nia, que não con­tou com ne­nhum fa­mi­li­ar do no­vo pre­si­den­te. A pre­sen­ça de pou­cas mu­lhe­res foi no­ta­da. Ape­nas a de­pu­ta­da Ma­ra Ga­bril­li (PSDB-SP), ter­cei­ra se­cre­tá­ria da Câ­ma­ra, fi­cou pró­xi­ma à me­sa. Per­fil Na­tu­ral de Tietê (SP), Te­mer se tor­na o mais velho po­lí­ti­co a che­gar à pre­si­dên­cia da Re­pú­bli­ca. Ele tem 75 anos – fa­rá 76 em 23 de se­tem­bro. An­tes, em 1951, Ge­tú­lio Var­gas to­mou pos­se com 68 anos.

Fi­li­a­do ao PMDB des­de 1981, é o atu­al pre­si­den­te do par­ti­do. Ad­vo­ga­do de for­ma­ção, já es­cre­veu li­vro de po­e­mas e de di­rei­to cons­ti­tu­ci­o­nal. Na vi­da pú­bli­ca, tem seis man­da­tos de de­pu­ta­do fe­de­ral e foi pre­si­den­te da Câ­ma­ra por três ve­zes. Ele é ca­sa­do há 13 anos com Mar­ce­la Te­mer, 32, com quem tem um fi­lho, Mi­chel, de 6 anos. De ou­tros três ca­sa­men­tos, tem três fi­lhas e um fi­lho.

“Não acom­pa­nhei na­da des­se pa­té­ti­co es­pe­tá­cu­lo que foi o ‘im­pe­a­ch­ment ta­ba­ja­ra’ de Dil­ma Rous­sef. Não quis per­der tem­po.” JO­A­QUIM BAR­BO­SA, EX-MI­NIS­TRO DO SU­PRE­MO TRI­BU­NAL FE­DE­RAL “A ár­vo­re des­te pro­ces­so não irá ge­rar um fru­to po­dre, por­que es­ta ár­vo­re tem em to­dos os seus ra­mos a sei­va da de­mo­cra­cia.” RE­NAN CA­LHEI­ROS, PRE­SI­DEN­TE DO SE­NA­DO “Re­al­men­te é um gol­pe par­la­men­tar. Por­tan­to, acho que é um dia tris­te, nós va­mos ao Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral.” JO­SÉ EDU­AR­DO CAR­DO­ZO, AD­VO­GA­DO DE DE­FE­SA

| ALAN MAR­QUES/FO­LHA­PRESS

Pos­se de Te­mer foi no ple­ná­rio do Se­na­do, que de­di­cou 73 ho­ras e 44 mi­nu­tos, em seis di­as, pa­ra fa­zer o jul­ga­men­to fi­nal de Dil­ma Rous­seff

GUS­TA­VO URIBE/FO­LHA­PRESS

Fo­tos de Dil­ma fo­ram re­ti­ra­das dos ga­bi­ne­tes|

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.