Ma­to Gros­so. Acho­co­la­ta­do es­ta­va en­ve­ne­na­do

Metro Brazil (ABC) - - Brasil -

Uma in­ves­ti­ga­ção da Po­lí­cia Ci­vil do Ma­to Gros­so con­cluiu que o ga­ro­to de dois anos mor­to após to­mar um acho­co­la­ta­do foi ví­ti­ma de en­ve­ne­na­men­to.

A aná­li­se das be­bi­das e da amos­tra do estô­ma­go do me­ni­no foi di­vul­ga­da na tar­de de on­tem. Pe­la ma­nhã, dois ho­mens ha­vi­am si­do pre­sos por te­rem en­vol­vi­men­to no ca­so.

Se­gun­do a po­lí­cia, Deu­el de Re­zen­de San­tos, 27 anos, cos­tu­ma­va rou­bar es­ta­be­le­ci­men­tos e ca­sas do bair­ro Par­que Cui­a­bá. Ele te­ria rou­ba­do as cin­co be­bi­das e ven­di­do pa­ra o pai da ví­ti­ma a um pre­ço me­nor. O ou­tro de­ti­do é Ado­nes Jo­sé Ne­gri, 61 anos, que foi ví­ti­ma do rou­bo e é sus­pei­to de en­ve­ne­nar os acho­co­la­ta­dos.

Ele te­ria in­je­ta­do ve­ne­no de ra­to nas be­bi­bas pa­ra se vin­gar do ban­di­do, sem sa­ber que os pro­du­tos eram re­ven­di­dos. Os ho­mens já fo­ram au­tu­a­dos. O pai da ví­ti­ma po­de res­pon­der por re­cep­ta­ção.

O me­ni­no de dois anos mor­reu no dia 25, de­pois de in­ge­rir um acho­co­la­ta­do da mar­ca Itam­bé.

As­sim que o ca­so veio à to­na, a An­vi­sa (Agência Nai­co­nal de Vi­gi­lân­cia Sa­ni­tá­ria) man­dou re­co­lher os lo­tes da be­bi­da em to­do o país.

A Itam­bé dis­se, em no­ta, que a pri­são dos sus­pei­tos es­cla­re­ce que o pro­du­to não es­ta­va con­ta­mi­na­do. METRO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.