CLÁU­DIO HUM­BER­TO

Metro Brazil (ABC) - - Brasil - CLAU­DIO.HUM­BER­TO @ME­TRO­JOR­NAL.COM.BR

DIL­MA GA­NHOU R$ 2 MI­LHÕES CO­MO PRE­SI­DEN­TE.

A re­a­li­da­de do de­sem­pre­go pa­ra Dil­ma Rous­seff se­rá mui­to me­lhor que a mai­o­ria dos 12 mi­lhões de bra­si­lei­ros que seu go­ver­no dei­xou na rua da amar­gu­ra. Com to­das as des­pe­sas pa­gas pe­lo con­tri­buin­te, a pe­tis­ta te­ve a opor­tu­ni­da­de de pou­par os sa­lá­ri­os que re­ce­beu des­de sua pos­se na Pre­si­dên­cia da Re­pú­bli­ca, em 2011. Até ser cas­sa­da, dia 31, Dil­ma acu­mu­lou mais de R$ 2 mi­lhões so­men­te com seus sa­lá­ri­os.

BEM BOM. Co­mo pre­si­den­te, Dil­ma não gas­tou um só cen­ta­vo com re­si­dên­cia, trans­por­te, ga­so­li­na, vi­a­gens e ali­men­ta­ção du­ran­te 65 me­ses.

BE­LO SA­LÁ­RIO. Quan­do as­su­miu a Pre­si­dên­cia, em 2011, o con­tra­che­que de Dil­ma era de R$ 26,7 mil. No se­gun­do man­da­to, pas­sou a R$ 30,9 mil.

GARÇONETE? Dois me­ses an­tes do iní­cio do im­pe­a­ch­ment, Dil­ma cor­tou em 10% o sa­lá­rio de­la, do vi­ce e dos mi­nis­tros. Foi inú­til.

BOQUINHA PRA QUÊ? Se man­te­ve sua gra­na na pou­pan­ça, Dil­ma te­rá ren­di­men­tos men­sais de R$10 mil. Mais que o su­fi­ci­en­te pa­ra se man­ter sem car­go pú­bli­co.

DE­MIS­SÕES VOLUNTÁRIAS NA PE­TRO­BRAS NÃO CHE­GAM. A Pe­tro­bras acha que atin­giu a me­ta, com 11,7 mil ade­sões ao pla­no de de­mis­são vo­lun­tá­ria, in­ves­tin­do R$ 4 bi­lhões pa­ra eco­no­mi­zar R$ 30 bi­lhões até 2020. Não bas­ta, nem con­tan­do 30 mil ter­cei­ri­za­dos já de­mi­ti­dos. E o pi­or é que na­da in­di­ca que os ins­cri­tos man­te­rão a in­ten­ção de ade­rir. A Pe­tro­bras ain­da pa­ga­rá sa­lá­ri­os a 303.000 efe­ti­vos e ter­cei­ri­za­dos, nú­me­ro mai­or que os 262.000 em­pre­ga­dos das gi­gan­tes e ri­vais Shell, Ex­xon e a Bri­tish Pe­tro­leum (BP) so­ma­das.

NEM PON­TO BA­TE. No­vo do­no de con­for­tá­vel boquinha na li­de­ran­ça da mi­no­ria no Se­na­do, o ex-mi­nis­tro pe­tis­ta Gil­ber­to Car­va­lho, in­ves­ti­ga­do no es­que­ma bi­li­o­ná­rio no Carf, é dis­pen­sa­do de ba­ter pon­to pa­ra ga­nhar R$ 19 mil.

“O PO­VO NÃO QUER SA­BER DE PLEBISCITO, MAS DE EM­PRE­GOS” DE­PU­TA­DO JO­SÉ CAR­LOS ALELUIA (DEM-BA) SO­BRE A PRO­POS­TA OPORTUNISTA DE DIL­MA

| PE­DRO LADEIRA/FO­LHA­PRESS

Gil­ber­to Car­va­lho

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.