Bi­e­nal usa ar­te pa­ra de­ba­ter in­cer­te­zas

Com qua­se 340 obras e 81 ar­tis­tas e co­le­ti­vos, em sua mai­o­ria mu­lhe­res, 32ª edi­ção da Bi­e­nal de SP reú­ne te­mas com­ple­xos que se en­tre­la­çam

Metro Brazil (ABC) - - Cultura -

Com o te­ma “In­cer­te­za Vi­da”, a 32ª Bi­e­nal de São Pau­lo abre ama­nhã e fi­ca em car­taz até 11 de de­zem­bro apos­tan­do no po­der da ar­te pa­ra de­ba­ter ques­tões pro­fun­das, co­mo de­sas­tres eco­ló­gi­cos e mu­dan­ças cli­má­ti­cas, con­tras­tes cul­tu­rais, po­la­ri­za­ções po­lí­ti­cas e mi­gra­ções em mas­sa.

Con­tan­do com 81 ar­tis­tas e co­le­ti­vos, sen­do a mai­o­ria mu­lhe­res, a ex­po­si­ção que é re­fe­rên­cia nas ar­tes plás­ti­cas em to­da a Amé­ri­ca La­ti­na apre­sen­ta cer­ca de 340 obras, 70% co­mis­si­o­na­das, que abri­gam e ha­bi­tam o que é in­cer­to.

“Qu­e­ría­mos fa­lar do im­pac­to glo­bal des­ses te­mas com­ple­xos, mas per­ce­be­mos que, pa­ra is­so, tal­vez fos­se pre­ci­so des­vin­cu­lar a in­cer­te­za do me­do”, afir­mou Jo­chen Volz, cu­ra­dor da Bi­e­nal, du­ran­te en­tre­vis­ta co­le­ti­va que foi mar­ca­da pe­lo pro­tes­to de vá­ri­os dos ar­tis­tas con­tra o go­ver­no do pre­si­den­te Mi­chel Te­mer.

Or­ga­ni­za­da em diá­lo­gos, a mos­tra que tem co­mo co­cu­ra­do­res Ga­bi Ng­co­bo (Áfri­ca do Sul), Jú­lia Re­bou­ças (Bra­sil), Lars Bang Lar­sen (Di­na­mar­ca) e So­fia Olas­co­a­ga (Mé­xi­co), foi ba­se­a­da em um jar­dim pa­ra per­mi­tir aos te­mas e idei­as se en­tre­la­ça­rem li­vre­men­te em um to­do in­te­gra­do. O ob­je­ti­vo dis­so é fa­zer a Bi­e­nal mais aces­sí­vel e atin­gir pú­bli­co, aju­dan­do-o a re­fle­tir e pen­sar cri­ti­ca­men­te.

“O jar­dim nos dá es­sa li­ber­da­de pa­ra abor­dar di­fe­ren­tes si­tu­a­ções cu­jos efei­tos são com­par­ti­lha­dos por to­dos” ex­pli­ca a co­cu­ra­do­ra Jú­lia Re­bou­ças. “Um des­ses te­mas é Ma­ri­a­na [mai­or de­sas­tre am­bi­en­tal da mi­ne­ra­ção bra­si­lei­ra ocor­ri­do em 2015], que foi re­lem­bra­do em al­gu­mas obras, as­sim co­mo ou­tros ca­sos de mes­ma or­dem que pe­dem nos­sa aten­ção. A ar­te tem pa­pel fun­da­men­tal nes­se pro­ces­so”.

Ins­ta­la­ção da Bi­e­nal de 1977, ‘Na­tu­ra­li­zar o Ho­mem, Hu­ma­ni­zar a Na­tu­re­za, ou Ener­gia Ve­ge­tal’, de Víc­tor Grip­po (1936-2002), vol­ta ao pa­vi­lhão em ho­me­na­gem ao ar­tis­ta

FO­TOS DE AN­DRÉ POR­TO/ME­TRO

Mon­ta­gem ‘Chão’ reú­ne ta­cos de ma­dei­ra de de­mo­li­ções ou re­for­mas

Es­cul­tu­ras do po­lo­nês Frans Krajc­berg fo­ram fei­tas com tron­cos, raí­zes e ci­pós

‘Es­pe­tá­cu­lo’, da pau­lis­ta­na Ana Maz­zei, mos­tra pro­ta­go­nis­tas de um te­a­tro sem ação

Ebony Pat­ter­son e su­as ta­pe­ça­ri­as vi­bran­tes que re­tra­tam vi­o­lên­cia no Bra­sil e na Ja­mai­ca

As mo­ra­di­as bra­si­lei­ras em ‘Dois Pe­sos, Du­as Me­di­das’, da mi­nei­ra Lais Myr­rha

‘O Bra­sil dos Ín­di­os: Um Ar­qui­vo Aber­to’ traz ví­de­os fei­tos pe­los pró­pri­os in­dí­ge­nas

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.