Cu­nha bus­ca pe­na bran­da

Ple­ná­rio de­ve vo­tar ho­je pe­di­do de cas­sa­ção. De­pu­ta­do afas­ta­do ten­ta­rá, ao me­nos, tro­car man­da­to por ma­nu­ten­ção dos di­rei­tos po­lí­ti­cos

Metro Brazil (ABC) - - Brasil - MAR­CE­LO FREI­TAS ME­TRO BRA­SÍ­LIA

Com a si­tu­a­ção po­lí­ti­ca em fran­ga­lhos, o de­pu­ta­do afas­ta­do Eduardo Cu­nha (PMDB-RJ) irá pes­so­al­men­te ho­je ao jul­ga­men­to do pro­ces­so de cas­sa­ção dis­pos­to a ter uma vi­tó­ria – pe­lo me­nos par­ci­al. Com a ten­dên­cia de fra­cas­so no es­va­zi­a­men­to da ses­são, mar­ca­da pa­ra ho­je a par­tir das 19h, o ex-pre­si­den­te da Câ­ma­ra ten­ta­rá cair de pé. Di­an­te dos 512 de­pu­ta­dos que co­man­dou por 19 me­ses até re­nun­ci­ar à pre­si­dên­cia da Câ­ma­ra em 7 de ju­lho, Cu­nha fa­rá a pró­pria de­fe­sa e con­fir­ma­rá se deu cer­to a es­tra­té­gia ne­go­ci­a­da de tro­ca do atu­al man­da­to pe­la ma­nu­ten­ção dos di­rei­tos po­lí­ti­cos.

O fa­ti­a­men­to da vo­ta­ção, ins­pi­ra­do na vo­ta­ção do im­pe­a­ch­ment da pre­si­den­te cas­sa­da Dil­ma Rous­seff, não é pon­to pa­cí­fi­co. Os ali­a­dos de Cu­nha ten­ta­rão usar o ar­gu­men­to de que a per­mis­são de du­as vo­ta­ções te­ve a chan­ce­la do pre­si­den­te do STF (Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral), Ri­car­do Lewan­dows­ki. A es­tra­té­gia es­bar­ra na apli­ca­ção da Lei da Fi­cha Lim­pa, que pre­vê a sus­pen­são dos di­rei­tos po­lí­ti­cos por oi­to anos au­to­ma­ti­ca­men­te no ca­so de de­pu­ta­dos, si­tu­a­ção não abran­gi­da pa­ra pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca. Com is­so, Cu­nha fi­ca­ria proi­bi­do de exer­cer car­gos pú­bli­cos até 2026.

O pre­si­den­te da Câ­ma­ra, Ro­dri­go Maia (DEM-RJ), anun­ci­ou que não to­ma­rá de­ci­sões so­zi­nho e, in­clu­si­ve, a even­tu­al fle­xi­bi­li­za­ção da pe­na po­de ser pau­ta­da pa­ra vo­ta­ção do ple­ná­rio.

Pa­ra ser cas­sa­do, o pro­ces­so pre­ci­sa ter no mí­ni­mo 257 vo­tos. Se o nú­me­ro não for atin­gi­do, Cu­nha se­rá ab­sol­vi­do.

A de­nún­cia

Cu­nha é acu­sa­do de men­tir em de­poi­men­to à CPI da Pe­tro­bras em mar­ço de 2015 so­bre a exis­tên­cia de con­tas em seu no­me no ex­te­ri­or e omi­ti-las da de­cla­ra­ção do Im­pos­to de Ren­da. De lá pa­ra cá, a PGR (Pro­cu­ra­do­ria Ge­ral da Re­pú­bli­ca) com­pro­vou pe­lo me­nos três con­tas em no­me do de­pu­ta­do, da mu­lher, a jor­na­lis­ta Cláu­dia Cruz, e de uma das fi­lhas de­le, Da­ni­el­le Ditz Cu­nha.

O ex-pre­si­den­te da Câ­ma­ra diz se tra­tar de um trus­te, um ad­mi­nis­tra­dor de pa­trimô­nio, e que ape­nas usu­frui dos re­cur­sos, sem ser o pro­pri­e­tá­rio.

| PEDRO LADEIRA/FOLHAPRESS

Cu­nha so­nha com quó­rum bai­xo pa­ra ab­sol­vi­ção

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.