Pla­no pre­vê con­ces­sões e no­vas pri­va­ti­za­ções

Ro­do­vi­as, ae­ro­por­tos, cam­pos de pe­tró­leo e fer­ro­vi­as de­vem pas­sar à ini­ci­a­ti­va pri­va­da até 2018

Metro Brazil (ABC) - - Front Page -

O go­ver­no do pre­si­den­te Mi­chel Te­mer anun­ci­ou on­tem um pa­co­te de con­ces­sões e pri­va­ti­za­ções de pro­je­tos de in­fra­es­tru­tu­ra, to­dos pa­ra os anos de 2017 e 2018. A me­ta do pro­gra­ma, ba­ti­za­do de “Cres­cer”, é che­gar a uma ar­re­ca­da­ção de R$ 24 bi­lhões no ano que vem.

Em dis­cur­so na pri­mei­ra reu­nião do PPI (Pro­gra­ma de Par­ce­ri­as de In­ves­ti­men­tos), Te­mer dis­se que o ob­je­ti­vo é fa­zer “uma aber­tu­ra ex­tra­or­di­ná­ria” da in­fra­es­tru­tu­ra bra­si­lei­ra à ini­ci­a­ti­va pri­va­da.

“Va­mos, ca­da vez mais, res­sal­tar que o po­der pú­bli­co não po­de fa­zer tu­do”, afir­mou o pre­si­den­te, des­ta­can­do a pre­sen­ça do se­tor pri­va­do co­mo “agen­te in­du­tor do de­sen­vol­vi­men­to e pro­du­tor de em­pre­gos”.

Boa par­te do pa­co­te de con­ces­sões – que abran­ge áre­as de ener­gia, ae­ro­por­tos, ro­do­vi­as, por­tos, fer­ro­vi­as e mi­ne­ra­ção – re­pe­te pro­je­tos que já ti­nham si­do anun­ci­a­dos pe­lo go­ver­no da ex-pre­si­den­te Dil­ma Rous­seff.

Mas o pro­gra­ma es­ta­be­le­ce no­vas re­gras pa­ra as con­ces­sões, que, se­gun­do o go­ver­no, têm co­mo ob­je­ti­vo res­ta­be­le­cer a con­fi­an­ça dos in­ves­ti­do­res no país e ga­ran­tir a trans­pa­rên­cia e a pre­vi­si­bi­li­da­de pa­ra os in­ves­ti­men­tos.

Os ban­cos pú­bli­cos te­rão pe­lo me­nos R$ 30 bi­lhões pa­ra a pri­mei­ra eta­pa da no­va ro­da­da de li­ci­ta­ções, sen­do $ 12 bi­lhões do FI-FGTS, o fun­do que in­ves­te em in­fra­es­tru­tu­ra com re­cur­sos do tra­ba­lha­dor, e R$ 18 bi­lhões, do BNDES.

A par­tir de ago­ra, os pro­je­tos só te­rão fi­nan­ci­a­men­tos de lon­go pra­zo. O in­ves­ti­dor te­rá de en­trar com pe­lo me­nos 20% do ca­pi­tal. A emis­são de de­bên­tu­res (tí­tu­los pri­va­dos) se­rá usa­da co­mo ins­tru­men­to de cap­ta­ção de re­cur­sos. Os pa­péis po­de­rão ser ad­qui­ri­dos pe­la Cai­xa, FI-FGTS, BNDES e Ban­co do Bra­sil.

Os edi­tais se­rão pu­bli­ca­dos em por­tu­guês e in­glês, pa­ra ten­tar atrair in­ves­ti­do­res es­tran­gei­ros. O pra­zo mí­ni­mo do edi­tal vai au­men­tar pa­ra cem di­as.

“As ta­xas de re­tor­no, as ta­ri­fas se­rão cal­ca­das em es­tu­dos téc­ni­cos, e não por von­ta­de de pre­si­den­te, mi­nis­tro ou quem quer que se­ja”, dis­se o se­cre­tá­rio-exe­cu­ti­vo do PPI, Moreira Fran­co.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.