32,8 mi­lhões de ca­sas não têm aces­so à re­de

Metro Brazil (ABC) - - Economia -

O pre­ço é a mai­or bar­rei­ra no aces­so à in­ter­net, se­gun­do a 11ª edi­ção da pes­qui­sa TIC Do­mi­cí­li­os. O va­lor do ser­vi­ço foi apon­ta­do co­mo im­pe­di­men­to pe­los mo­ra­do­res de 60% dos 32,8 mi­lhões de do­mi­cí­li­os bra­si­lei­ros que não es­tão co­nec­ta­dos à re­de. En­tre as re­si­dên­ci­as em que não há uso da in­ter­net, 30 mi­lhões per­ten­cem às clas­ses C,D e E.

O es­tu­do foi re­a­li­za­do pe­lo CGI.br (Co­mi­tê Ges­tor da In­ter­net no Bra­sil), pe­lo Ce­tic.br (Cen­tro Re­gi­o­nal de Es­tu­dos pa­ra o De­sen­vol­vi­men­to da So­ci­e­da­de da In­for­ma­ção) e pe­lo NIC. br (Nú­cleo de In­for­ma­ção e Co­or­de­na­ção do Pon­to BR).

En­tre o úl­ti­mo es­tu­do, fei­to em 2014, e amos­tra atu­al, hou­ve va­ri­a­ção de ape­nas 1 pon­to per­cen­tu­al no nú­me­ro de do­mi­cí­li­os com aces­so à re­de. Eram 50% e ago­ra são 51%, to­ta­li­zan­do 34,1 mi­lhões de re­si­dên­ci­as.

A bar­rei­ra do cus­to é uma das ra­zões, se­gun­do o ge­ren­te do Ce­tic.br, Ale­xan­dre Barbosa. Pa­ra ele, não hou­ve avan­ço sig­ni­fi­ca­ti­vo no uso de 2014 pa­ra 2015 (ba­se atu­al), o que po­de sig­ni­fi­car que a ex­pan­são no mo­de­lo pos­sa ter che­ga­do ao li­mi­te.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.