Cor­po se­rá en­vi­a­do de vol­ta ho­je

Metro Brazil (ABC) - - Esporte -

Li­be­ra­do pe­lo Ins­ti­tu­to Mé­di­co Le­gal (IML) on­tem à tar­de, o cor­po do ci­clis­ta Bah­man Gol­bar­nezhad, que mor­reu no sá­ba­do em um aci­den­te na Prai­nha, na zo­na oes­te, vai em­bar­car de vol­ta para o seu país ho­je. A au­tóp­sia re­a­li­za­da no mes­mo dia apon­tou he­mor­ra­gia in­ter­na co­mo a cau­sa da mor­te do atle­ta.

Pi­ers Jo­nes, di­re­tor da União Ci­clís­ti­ca In­ter­na­ci­o­nal (UCI), es­te­ve on­tem no lo­cal do aci­den­te para vis­to­ri­ar as con­di­ções da área.

O Comitê Rio 2016 afir­mou que o cir­cui­to pas­sou pe­lo cri­vo da UCI an­tes do aci­den­te. “O Comitê Or­ga­ni­za­dor, an­tes de de­fi­nir o per­cur­so, se­gue a ori­en­ta­ção da fe­de­ra­ção in­ter­na­ci­o­nal. Foi es­co­lhi­do, foi tes­ta­do e foi apro­va­do por qu­em é de di­rei­to: a Fe­de­ra­ção In­ter­na­ci­o­nal de Ciclismo”, dis­se o di­re­tor de es­por­tes do comitê, Ag­ber­to Gui­ma­rães.

Bah­man era ca­sa­do com uma jo­ga­do­ra de bas­que­te da se­le­ção feminina pa­ra­lím­pi­ca do Irã. Ele dei­xa a mu­lher e dois fi­lhos. Na Rio 2016, ele já ha­via par­ti­ci­pa­do de uma mo­da­li­da­de no mes­mo tra­je­to on­de se aci­den­tou, na quarta-fei­ra (14), na pro­va de con­trar­re­ló­gio, on­de fi­cou em 14º lu­gar.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.