VE­JA AS PRIN­CI­PAIS PRO­POS­TAS DOS CAN­DI­DA­TOS PARA A HA­BI­TA­ÇÃO EM SAN­TO AN­DRÉ

Metro Brazil (ABC) - - Foco -

CAR­LOS GRANA (PT)

O de­fi­cit ha­bi­ta­ci­o­nal acu­mu­la­do ao lon­go do tem­po em nos­sa ci­da­de exi­ge uma po­lí­ti­ca con­tí­nua de pro­du­ção de imó­veis com fo­co pri­o­ri­tá­rio para po­pu­la­ção em si­tu­a­ção de ris­co e fa­mí­li­as de bai­xa ren­da que pa­gam alu­guel. Os pro­je­tos de ur­ba­ni­za­ção de nú­cle­os e o pro­gra­ma de ma­nu­ten­ção e in­ter­ven­ções pon­tu­ais nos nú­cle­os já ur­ba­ni­za­dos qua­li­fi­cam os es­pa­ços de mo­ra­dia, são po­lí­ti­cas de in­clu­são que de­vem ser con­ti­nu­a­das, pro­pi­ci­an­do dig­ni­da­de e me­lho­res con­di­ções de pre­ven­ção a do­en­ças. Na mi­nha ges­tão, a re­gu­la­ri­za­ção fun­diá­ria de­ve ser vis­ta co­mo um di­rei­to e, por­tan­to, uma pri­o­ri­da­de na po­lí­ti­ca ha­bi­ta­ci­o­nal. Va­mos in­ves­tir na pro­du­ção de mais de 5 mil uni­da­des des­ti­na­das às fa­mí­li­as de bai­xa ren­da que pa­gam alu­guel e fa­mí­li­as in­cluí­das em pro­gra­mas de ur­ba­ni­za­ção. Tam­bém va­mos pro­mo­ver a re­gu­la­ri­za­ção fun­diá­ria de nú­cle­os e con­jun­tos ha­bi­ta­ci­o­nais, be­ne­fi­ci­an­do 15 mil fa­mí­li­as com es­sas ações. Ire­mos ain­da am­pli­ar a re­a­li­za­ção de obras de ma­nu­ten­ção em nú­cle­os, tais co­mo vi­e­las, es­ca­da­ri­as, cal­ça­das, cor­ri­mãos, dre­na­gem, re­des de es­go­to e pa­vi­men­ta­ção.

AIDAN RAVIN (PSB)

Va­mos cons­truir e en­tre­gar mo­ra­di­as para a po­pu­la­ção que se en­con­tra em si­tu­a­ção de ris­co ou vul­ne­ra­bi­li­da­de so­ci­al, em par­ce­ria com os go­ver­nos es­ta­du­al e fe­de­ral. Tam­bém ire­mos uti­li­zar com to­da ên­fa­se os dis­po­si­ti­vos le­gais da ci­da­de para re­a­li­zar uma am­pla re­gu­la­ri­za­ção fun­diá­ria. Ou­tro ob­je­ti­vo em meu governo é im­ple­men­tar um pro­gra­ma de ori­en­ta­ção para as fa­mí­li­as que são con­tem­pla­das com as no­vas mo­ra­di­as, afim de mi­ni­mi­zar ao má­xi­mo os pro­ble­mas de adap­ta­ção para qu­em es­tá se mu­dan­do.

PAULINHO SER­RA (PSDB)

Há dois prin­ci­pais ob­je­ti­vos. O pri­mei­ro é a pro­du­ção ha­bi­ta­ci­o­nal. Pre­ci­sa­mos de par­cei­ra com a ini­ci­a­ti­va pri­va­da, não tem jei­to. Va­mos bus­car o Mi­nha Ca­sa, Mi­nha Vi­da En­ti­da­des. Es­ti­ve com o mi­nis­tro das Ci­da­des, Bru­no Araú­jo, e ele dis­se que te­mos boa pers­pec­ti­va para o ano que vem na pro­du­ção ha­bi­ta­ci­o­nal. O se­gun­do, que é mais pos­sí­vel, de­pen­de só de fa­zer a li­ção de ca­sa: é a re­gu­la­ri­za­ção fun­diá­ria e a reur­ba­ni­za­ção de nú­cle­os. Que­re­mos re­to­mar os pro­je­tos lá da épo­ca do Cel­so Da­ni­el (ex-pre­fei­to pe­lo PT, que foi mor­to em 2002). Me­lho­ra­mos es­ses pro­je­tos no nos­so pla­no de governo. Va­mos reur­ba­ni­zar os nú­cle­os com pro­je­tos mais mo­der­nos e di­nâ­mi­cos, mas com aque­le con­cei­to que o Cel­so Da­ni­el ins­ti­tuiu. No nos­so governo, to­dos os nú­cle­os se­rão reur­ba­ni­za­dos com o bá­si­co. Não é trans­for­ma­ção, é dar dig­ni­da­de para as pes­so­as te­rem o bá­si­co, o que ho­je elas não têm. Tam­bém já ti­ve diá­lo­go com o governo es­ta­du­al, e a CDHU te­rá mui­ta par­ce­ria aqui na ci­da­de. Acre­di­to que a par­tir de ja­nei­ro de 2017 con­se­gui­re­mos fa­zer mui­tas coi­sas nes­se se­tor.

RAIMUNDO SALLES (PPS)

Te­mos gran­des di­fi­cul­da­des em en­con­trar áre­as e es­pa­ços para ocu­pa­ção ur­ba­na. San­to An­dré tem a ques­tão dos ma­nan­ci­ais, e o que so­brou de ou­tras áre­as são ter­re­nos vol­ta­dos ex­clu­si­va­men­te para a es­pe­cu­la­ção imo­bi­liá­ria, que são mui­to va­lo­ri­za­das. O pre­fei­to Car­los Grana que­ria ven­der al­gu­mas áre­as, e te­mos al­guns es­pa­ços in­clu­sos nes­se pa­co­te que não es­tão vo­ca­ci­o­na­das para a ha­bi­ta­ção. En­tão, gos­ta­ria de não ven­der, mas fa­zer uma pro­pos­ta para que es­sas áre­as se trans­for­mem em uni­da­des ha­bi­ta­ci­o­nais. Vou cri­ar a Agên­cia Mu­ni­ci­pal de Ha­bi­ta­ção e a Su­pe­rin­ten­dên­cia de Re­gu­la­ri­za­ção Fun­diá­ria, que te­rão o ob­je­ti­vo de efe­tu­ar a re­gu­la­ri­za­ção de to­dos os as­sen­ta­men­tos ir­re­gu­la­res da ci­da­de. Tam­bém vou cri­ar o pro­je­to Ar­qui­te­tu­ra So­ci­al , que aten­de­rá a po­pu­la­ção de bai­xa ren­da por meio da ela­bo­ra­ção de pro­je­tos ar­qui­tetô­ni­cos para re­si­dên­ci­as de até 70 me­tros qua­dra­dos. Eles se­rão gra­tui­tos e o be­ne­fi­ciá­rio fi­ca­rá isen­to do pa­ga­men­to de al­va­rá de cons­tru­ção e do Ha­bi­te-se.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.