Go­ver­na­do­res au­men­tam pres­são por re­pas­se fe­de­ral

Cri­se fi­nan­cei­ra. Es­ta­dos do Nor­te, Nor­des­te e Cen­tro-Oes­te en­vi­am car­ta com co­bran­ças ao pre­si­den­te Mi­chel Te­mer, pe­dem reu­nião e se­guem ame­a­çan­do de­cre­tar ca­la­mi­da­de econô­mi­ca

Metro Brazil (ABC) - - Brasil - RAPHAEL VELEDA

O ca­te­gó­ri­co “não” do mi­nis­tro da Fa­zen­da, Hen­ri­que Mei­rel­les, pa­ra uma aju­da emer­gen­ci­al da União aos Es­ta­dos em di­fi­cul­da­des fi­nan­cei­ras, em reu­nião na úl­ti­ma se­ma­na, não foi acei­to por go­ver­na­do­res das re­giões Nor­te, Nor­des­te e Cen­tro-Oes­te. Após re­cu­a­rem –– por en­quan­to –– da ame­a­ça de de­cre­tar em blo­co o es­ta­do de ca­la­mi­da­de fi­nan­cei­ra, che­fes dos po­de­res Exe­cu­ti­vos des­sas re­giões ape­la­ram pa­ra um mo­do de co­mu­ni­ca­ção que, acre­di­tam eles, po­de sen­si­bi­li­zar o pre­si­den­te Mi­chel Te­mer (PMDB) – uma car­ta.

No do­cu­men­to, eles lem­bram da pro­mes­sa de Te­mer de uma so­lu­ção, cu­jo pra­zo já ven­ceu, e re­la­tam di­fi­cul­da­des pa­ra man­ter ser­vi­ços bá­si­cos, co­mo saú­de e se­gu­ran­ça, e pa­ra pa­gar os sa­lá­ri­os de ser­vi­do­res.

Os go­ver­na­do­res que­rem um en­con­tro com Te­mer. Na pró­pria car­ta (ve­ja tre­chos ao la­do), eles in­for­mam que o plei­to já foi pas­sa­do pa­ra a equi­pe do pre­si­den­te; mas a re­pos­ta foi que há di­fi­cul­da­des de agen­da pa­ra es­ta se­ma­na. O pre­si­den­te che­ga ho­je a Brasília, de­pois de par­ti­ci­par da As­sem­bleia Ge­ral da ONU, nos Es­ta­dos Uni­dos.

Se a reu­nião com o pre­si­den­te não ocor­rer ou não sur­tir efei­to, os de­cre­tos de ca­la­mi­da­de de­vem vol­tar à pau­ta. An­tes, po­rém, os go­ver­na­do­res que­rem es­go­tar as pos­si­bi­li­da­des de ne­go­ci­a­ção, já que os de­cre­tos não têm con­sequên­ci­as prá­ti­cas e ser­vem ape­nas co­mo for­ma de pres­são se a União não re­co­nhe­cer a ca­la­mi­da­de. Os plei­tos Pa­ra mos­trar que es­tão dis­pos­tos a ne­go­ci­ar, os go­ver­na­do­res bai­xa­ram pe­la me­ta­de a pe­di­da que ha­vi­am fei­to na reu­nião com Mei­rel­les, de R$ 14 bi­lhões pa­ra R$ 7 bi­lhões. Até ago­ra, po­rém, o go­ver­no fe­de­ral – que não se po­si­ci­o­nou ain­da so­bre a car­ta – si­na­li­za que não po­de ce­der em na­da aos go­ver­na­do­res.

Na car­ta, eles usam o exem­plo do Rio de Ja­nei­ro, que con­se­guiu re­pas­ses de R$ 2,9 bi­lhões, pou­co an­tes dos Jo­gos Olím­pi­cos, após de­cre­tar a ca­la­mi­da­de fi­nan­cei­ra. O mo­vi­men­to, po­rém, foi com­bi­na­do com an­te­ce­dên­cia com o Pa­lá­cio do Pla­nal­to.

| VALTER CAMPANATO/AGÊN­CIA BRA­SIL

Mei­rel­les já ne­gou aju­da a Es­ta­dos

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.