VE­JA AS PRIN­CI­PAIS PRO­POS­TAS DOS CANDIDATOS PA­RA A SAÚ­DE EM SAN­TO ANDRÉ

Metro Brazil (ABC) - - Foco -

CAR­LOS GRA­NA (PT)

Va­mos am­pli­ar e agi­li­zar o aces­so às consultas e exa­mes de es­pe­ci­a­li­da­des. Pa­ra is­so, fa­re­mos a im­plan­ta­ção de um Cen­tro de Di­ag­nós­ti­co, a re­for­ma e ade­qua­ção dos Cen­tros de Es­pe­ci­a­li­da­des 1, no Cen­tro, e 2, no Par­que das Na­ções, e a mo­der­ni­za­ção dos equi­pa­men­tos das es­pe­ci­a­li­da­des. Ire­mos for­ta­le­cer a re­de hos­pi­ta­lar, com a aber­tu­ra do Hos­pi­tal da Vi­la Lu­zi­ta e com a cri­a­ção de uma no­va UTI no Pronto-So­cor­ro do CHM (Cen­tro Hos­pi­ta­lar Mu­ni­ci­pal). Tam­bém va­mos for­ta­le­cer a re­de de aten­ção bá­si­ca com a re­for­ma e am­pli­a­ção da US (Uni­da­de de Saú­de) do Jar­dim Car­la e a cons­tru­ção de qua­tro no­vas USs: Jar­dim Ire­ne 2, Al­zi­ra Fran­co, Sa­ca­du­ra Ca­bral e Jar­dim San­to André. Ire­mos im­plan­tar a Ca­sa da Ges­tan­te no Hos­pi­tal da Mu­lher, com 20 lei­tos, pa­ra acom­pa­nha­men­to in­te­gral à ges­tan­te de al­to ris­co, for­ta­le­cen­do o par­to hu­ma­ni­za­do na ci­da­de. Va­mos trans­for­mar o PA (Pronto Aten­di­men­to) Ban­gu em UPA (Uni­da­de de Pronto Aten­di­men­to) de por­te 2, com re­for­ma, am­pli­a­ção e aqui­si­ção de no­vos equi­pa­men­tos.

AI­DAN RA­VIN (PSB)

Vou cri­ar o Car­tão An­dre­en­se, que tra­rá in­for­ma­ti­za­ção da saú­de com o in­tui­to de agi­li­zar e pri­o­ri­zar os aten­di­men­tos aos mu­ní­ci­pes. Tam­bém ire­mos fa­zer a am­pli­a­ção do ho­rá­rio de aten­di­men­to em uni­da­des de saú­de, de acor­do com a ne­ces­si­da­de de ca­da bair­ro, até às 22h. Ou­tro pro­je­to nos­so é re­to­mar o Pro­gra­ma de Re­mé­dio em Ca­sa. Tam­bém va­mos im­plan­tar a Uni­da­de Mó­vel de Saú­de, que irá ofe­re­cer aten­di­men­to odon­to­ló­gi­co, saú­de da mu­lher e es­pe­ci­a­li­da­des. O com­pro­mis­so com o for­ta­le­ci­men­to do sis­te­ma de saú­de de ba­se es­tá ma­te­ri­a­li­za­do em pro­pos­tas, que vão en­fren­tar o de­sa­fio de pro­por­ci­o­nar ao nos­so mu­ni­cí­pio uma saú­de am­pla e de qua­li­da­de.

PAU­LI­NHO SER­RA (PSDB)

Que­re­mos tra­zer o pa­drão de aten­di­men­to do Hos­pi­tal Má­rio Co­vas pa­ra to­da a re­de mu­ni­ci­pal. Va­mos cri­ar pro­ce­di­men­tos. As du­as prin­ci­pais obras a se­rem fei­tas são o tér­mi­no do Hos­pi­tal da Vi­la Lu­zi­ta e a am­pli­a­ção do PA (Pronto Aten­di­men­to) Ban­gu. Es­se dois são pri­o­ri­da­des pa­ra nós co­mo es­tru­tu­ra fí­si­ca. Mas na ges­tão, a pri­o­ri­da­de se­rá dar pa­drão de aten­di­men­to pa­ra to­da a re­de. Alem dis­so, va­mos con­tra­tar mais mé­di­cos. Não dá pa­ra ad­mi­tir uma ci­da­de que quer ter saú­de de qua­li­da­de e ho­je tem me­nos mé­di­cos que em 2012. Va­mos in­te­grar os sis­te­mas exis­ten­tes e cri­ar no­vos, co­mo di­gi­ta­li­zar o pron­tuá­rio dos fun­ci­o­ná­ri­os e fa­zer a en­tre­ga de re­mé­di­os de uso con­tí­nuo e con­tro­la­do em ca­sa. Com sis­te­ma or­ga­ni­za­do, é pos­sí­vel fa­zer is­so. A gen­te quer, por exem­plo, que consultas e exa­mes se­jam mar­ca­dos em tó­tens di­gi­tais, on­de as pes­so­as po­de­rão aces­sar por meio de um car­tão em qual­quer uni­da­de de saú­de da ci­da­de, ten­do aces­so a seu pron­tuá­rio e acom­pa­nhan­do o an­da­men­to do tra­ta­men­to. Por­tan­to, va­mos cri­ar um sis­te­ma com ca­das­tra­do in­for­ma­ti­za­do.

RAI­MUN­DO SAL­LES (PPS)

Vou cri­ar o pron­tuá­rio di­gi­ti­tal, que se­rá um por­tal com to­das as in­for­ma­ções dos pa­ci­en­tes. Is­so fa­ci­li­ta­ria o acom­pa­nha­men­to e o con­tro­le do tra­ta­men­to. Al­go que ve­mos co­mo mui­to im­por­tan­te pa­ra a ci­da­de tam­bém é a ideia de vi­a­bi­li­zar um cen­tro hos­pi­ta­lar no 2º Sub­dis­tri­to, que é al­go que as pes­so­as exi­gem. Tam­bém va­mos for­ta­le­cer o pro­gra­ma de saú­de da fa­mí­lia, com di­ver­sos pro­fis­si­o­nais da saú­de aten­den­do em ca­sa e ti­ran­do um pou­co da de­man­da das uni­da­des. A saú­de é um pro­ble­ma com­ple­xo. Na ma­nei­ra em que me­lho­ra o se­tor, a ci­da­de aca­ba im­por­tan­do pa­ci­en­tes de ou­tros lo­cais. En­tão, acho tam­bém que de­ve­ría­mos bus­car uma so­lu­ção jun­to ao Con­sór­cio In­ter­mu­ni­ci­pal do ABC. O pro­ble­ma da saú­de no ABC, prin­ci­pal­men­te em San­to André, pas­sa ine­vi­ta­vel­men­te por uma dis­cus­são re­gi­o­nal. Po­de­ría­mos ter hos­pi­tais re­gi­o­nais de re­fe­rên­cia na re­gião pa­ra aten­der as ne­ces­si­da­des das ci­da­des. Tam­bém que­ro ela­bo­rar pro­je­to de mo­ni­to­ra­men­to da saú­de su­ple­men­tar, pro­mo­ven­do re­la­ci­o­na­men­to pa­ra ge­rar mais be­ne­fí­ci­os à saú­de e tra­ba­lhar na ar­ti­cu­la­ção da re­la­ção pú­bli­co-pri­va­do, ge­ran­do mai­or ra­ci­o­na­li­da­de nos gas­tos pú­bli­cos.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.