União atra­sa Fi­es e dá ca­lo­te em ban­cos

R$ 702 mi­lhões não fo­ram pa­gos ao Ban­co do Bra­sil e à Cai­xa; fa­cul­da­des di­zem que po­dem fe­char

Metro Brazil (ABC) - - Front Page - RAPHAEL VELEDA ME­TRO BRA­SÍ­LIA

Os pou­co mais de 183 mil es­tu­dan­tes uni­ver­si­tá­ri­os que atu­al­men­te têm os es­tu­dos em en­ti­da­des pri­va­das fi­nan­ci­a­dos pe­lo go­ver­no fe­de­ral via Fi­es já es­tão in­do pa­ra o ter­cei­ro mês de au­las no se­gun­do se­mes­tre de 2016, mas, até ago­ra, as em­pre­sas não re­ce­be­ram na­da do re­pas­se de­vi­do pe­la União. O cha­ma­do adi­ta­men­to dos con­tra­tos, fei­to a ca­da iní­cio de se­mes­tre, ain­da não acon­te­ceu por­que o pro­je­to de lei que pre­vê ver­bas pa­ra a qui­ta­ção de dí­vi­das do pri­mei­ro se­mes­tre com as ins­ti­tui­ções fi­nan­ci­a­do­ras do pro­gra­ma – Ban­co do Bra­sil e Cai­xa Econô­mi­ca Fe­de­ral – não foi vo­ta­do pe­lo Con­gres­so.

Os es­tu­dan­tes es­tão ma­tri­cu­la­dos nor­mal­men­te, mas a si­tu­a­ção im­pac­ta for­te­men­te as fa­cul­da­des e uni­ver­si­da­des, re­cla­ma a Ab­mes (As­so­ci­a­ção Bra­si­lei­ra de Man­te­ne­do­ras de En­si­no Su­pe­ri­or), que re­pre­sen­ta 350 ins­ti­tui­ções no país. Se­gun­do a en­ti­da­de, as em­pre­sas es­tão ape­lan­do a em­prés­ti­mos ban­cá­ri­os pa­ra co­brir os cus­tos ope­ra­ci­o­nais.

O Mi­nis­té­rio da Edu­ca­ção, que ge­re o Fi­es, in­for­mou, em no­ta, que a pre­vi­são de vo­ta­ção é “ain­da es­te mês ou no iní­cio do pró­xi­mo” e que “a par­tir da apro­va­ção, po­de­rá as­si­nar os con­tra­tos com os agen­tes fi­nan­cei­ros e, com is­so, re­sol­ver os re­pas­ses pa­ra os con­tra­tos com sal­do de­ve­dor”.

Es­te mês, po­rém, a apro­va­ção do PL que ga­ran­te o pa­ga­men­to de R$ 702 mi­lhões que es­tão em atra­so com os ban­cos é im­pos­sí­vel, pois o Con­gres­so es­tá em re­ces­so bran­co até a pró­xi­ma semana, de­vi­dos às elei­ções municipais, cu­jo 1º tur­no ocor­re no pró­xi­mo do­min­go, 2 de ou­tu­bro.

MEC cul­pa Dil­ma

Na no­ta en­vi­a­da ao Me­tro Jor­nal, a no­va ges­tão do Mi­nis­té­rio da Edu­ca­ção in­for­mou que en­con­trou o Fi­es “sem or­ça­men­to pa­ra o pa­ga­men­to da ta­xa de ad­mi­nis­tra­ção dos agen­tes fi­nan­cei­ros. Pa­ra co­brir es­ses cus­tos, eram ne­ces­sá­ri­os mais de R$ 800 mi­lhões. No en­tan­to, o go­ver­no Dil­ma/Mer­ca­dan­te cor­tou o or­ça­men­to des­ta ope­ra­ção pa­ra R$ 267 mi­lhões, su­fi­ci­en­te pa­ra co­brir des­pe­sas ape­nas até abril”.

A so­lu­ção en­con­tra­da pe­lo go­ver­no foi a edi­ção de uma me­di­da pro­vi­só­ria que re­pas­sou às ins­ti­tui­ções de en­si­no a res­pon­sa­bi­li­da­de pe­lo pa­ga­men­to de ta­xas 2% de ca­da con­tra­to aos b cos fi­nan­ci­a­do­res. “A m dan­ça vai ge­rar uma e no­mia de cer­ca de R$ 4 mi­lhões com o prog ma es­te ano”, ale­ga o ver­no. A Ab­mes re­clam do re­pas­se da res­pon­sab da­de, in­for­mou que não con­sul­ta­da pe­lo MEC e q os cus­tos po­de­rão ser rep sa­dos pa­ra as men­sa­li­da dos es­tu­dan­tes.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.