CESAR RAYA, PSTU

Pro­fes­sor acre­di­ta que par­ti­dos me­no­res ga­nha­rão for­ça nes­te ano

Metro Brazil (ABC) - - Foco -

O pro­fes­sor de his­tó­ria da re­de es­ta­du­al de 57 anos dis­pu­ta pe­la pri­mei­ra vez o car­go de pre­fei­to.

Qual é a sua ex­pe­ri­ên­cia po­lí­ti­ca? Já con­cor­ri pa­ra ve­re­a­dor na ci­da­de eé a pri­mei­ra vez pa­ra pre­fei­to. Es­sas elei­ções es­tão di­fe­ren­tes. A gen­te vê que tem mais es­pa­ço pa­ra os par­ti­dos me­no­res.

O ob­je­ti­vo do PSTU é ven­cer as elei­ções? A dis­pu­ta é mui­to de­si­gual, prin­ci­pal­men­te por con­ta dos re­cur­sos. Nos­sas cam­pa­nhas vêm no sen­ti­do de di­zer que só elei­ção não re­sol­ve. O que re­sol­ve é a or­ga­ni­za­ção. Nos­sa par­ti­ci­pa­ção é pa­ra or­ga­ni­zar os tra­ba­lha­do­res. Va­mos mos­trar que são eles que vão pa­gar a con­ta do con­ge­la­men­to de in­ves­ti­men­tos do go­ver­no fe­de­ral. Gos­ta­ría­mos de nos ele­ger, mas sa­be­mos que a dis­pu­ta é de­si­gual.

Qual a sua ava­li­a­ção do atu­al go­ver­no? No­ta ze­ro. Há mui­tas obras, mas elas es­tão pa­ra­das. A pre­fei­tu­ra não es­tá vol­ta­da pa­ra po­pu­la­ção mais ca­ren­te. A qua­li­da­de das es­co­las pi­o­rou e os ser­vi­ços fo­ram ter­cei­ri­za­dos.

Qual sua pro­pos­ta pa­ra

mo­bi­li­da­de ur­ba­na? O trans­por­te pú­bli­co não po­de es­tar na mão da ini­ci­a­ti­va pri­va­da, por­que os em­pre­sá­ri­os ob­je­ti­vam lu­cro. Que­re­mos ta­ri­fa ze­ro. Pa­ra is­so, é pre­ci­so ter em­pre­sa pú­bli­ca de­mo­crá­ti­ca e trans­pa­ren­te.

O que fa­zer pe­la saú­de? A ci­da­de tem mui­ta OSS (Or­ga­ni­za­ção So­ci­al de Saú­de). A Fun­da­ção do ABC não tem mais pri­o­ri­da­de pa­ra en­si­no, mas sim pe­lo lu­cro. Nos­sa po­si­ção é aca­bar com is­so. A saú­de tem que ser con­tro­la­da pe­la ad­mi­nis­tra­ção pú­bli­ca, com mais mé­di­cos e en­fer­mei­ros.

Co­mo me­lho­rar a edu­ca­ção? Acha­mos que en­quan­to ti­ver de­fi­cit de va­gas em cre­ches, tem que in­ves­tir no se­tor. Ho­je há gran­des obras, mas não se dá pri­o­ri­da­de pa­ra ze­rar a fi­la. Tam­bém não te­mos pro­pos­ta de­ma­gó­gi­ca de aca­bar com o pro­ble­ma do dia pa­ra a noi­te.

Qual a pro­pos­ta pa­ra a mo­ra­dia? Re­du­zir o de­fi­cit tam­bém se­rá pri­o­ri­da­de. É pre­ci­so ter par­ti­ci­pa­ção das co­mu­ni­da­des nes­se pro­ces­so. Pro­du­zir mo­ra­di­as em mu­ti­rão é mais ba­ra­to. Pre­fei­tu­ra en­tra­ria pa­ra ofe­re­cer es­tru­tu­ra bá­si­ca pa­ra os mo­ra­do­res.

DIVULGAÇÃO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.